Single

Na nomenclatura da indústria fonográfica, música de trabalho e música de divulgação (em inglês: single) são termos para se referir a uma canção considerada viável comercialmente o suficiente pelo artista e pela companhia gravadora para ser lançada individualmente, mas é comum que também apareça num álbum. É uma canção gravada pelo artista que é normalmente considerada uma das mais comerciais de um já lançado ou futuro álbum, para ser lançada em rádios e outros veículos de divulgação. A expressão é originada dos Estados Unidos.[1][2][3][4] Atualmente, com a era digital, é comum o single ser lançado não mais somente como um álbum físico, mas também em diversos outros formatos, ou apenas no formato digital em lojas virtuais de música, como a iTunes Store.[5][6]

História

Os primeiros discos eram cilindros, e os primeiros foram feitos pelo inventor do fonógrafo para tocar os cilindros, Thomas Alva Edison, em 1877.[7] Os singles (como discos de termoplástico), em si, existem desde o início dos discos de vinil plano. Conhecido como o gramofone (para discos planos), inventado pelo alemão, Emil Berliner, em 1887. Por volta de 1910, estes singles planos eram fabricados em diferentes rotações e de 10 ou 12 polegadas de diâmetro, basicamente um LP com uma única música. Estes se popularizaram em 78 rpm e com um lado somente gravado.[8] Eventualmente, os 78 rpm de dois lados surgiram. A partir da década de 1950, os singles menores se popularizaram no formato de 45 rpm, em 7 polegadas de diâmetro (medida padrão). A RCA Victor foi a pioneira lançando os discos de 45 rpm de 7 polegadas, com micro ranhuras.[9] No Brasil a indústria fabricou a maior parte dos compactos simples em 33 e 1/3 rpm. O disco possuía dois lados executáveis numa vitrola: o "lado A", promovendo a canção ao sucesso e um "lado B" com uma canção menos conhecida. Alguns compactos simples foram lançados com duas músicas de cada lado, originando o termo "compacto duplo".

Após o surgimento da era do disco-music, das discotecas que surgiram com o segmento à moda do filme, Saturday Night Fever, no final dos anos 1970,[10] iniciou-se uma fabricação de discos de vinil de 12 polegadas (tamanho do Long Play) com apenas uma canção em cada lado, também chamado de single, mas com a diferença que a música era remixada por um DJ e as canções de três minutos começaram a durar 25 minutos; para uso nas discotecas, especialmente.[11]

O marketing dos singles buscava sempre os fregueses que entravam numa loja de disco e que temiam gastar muito dinheiro em um LP desconhecido, comprando, então, somente, o single de um artista, em vez de gastar mais dinheiro comprando um álbum inteiro. Se o single fosse bom mesmo, o freguês provavelmente ficaria interessado em comprar o LP, depois de ouvir o single. O single também era uma indicação dos produtores destes às rádios, como um teste-marketing da banda numa audição ao público ouvinte.

No final da década de 1950, com o rock and roll surgindo, os singles experimentaram uma "explosão" nas suas vendas e passaram bem a frente dos LPs de 78 rpm. Os discos demoraram para sair do mercado porque o novo formato (33 1/3 rpm) dominou o mercado sem ser preciso trocar de equipamento, até o surgimento da era digital com o compact disc (CD). Este leva o nome de compact por ser de pequeno tamanho, e não pelo número de músicas que contém gravado nele.

Hoje em dia, os singles de 45 rpm são itens de colecionadores.

Single versus LP

A grande diferença entre os dois formatos é que, na era da música analógica (não digital), os singles de sete polegadas (7") não poderiam conter a mesma duração de tempo de gravações que um LP (12") que tinha uma superfície maior (para poder estampar mais música). Quanto mais música se coloca em uma superfície de discos de vinil, mais as ranhuras se unem uma ao lado da outra, até que chegam a um ponto que elas lotam a superfície do disco todo. Colocar mais do que 25 minutos de música em um LP pode causar danos na superfície deste, facilmente; assim como mais do que 10 minutos num single de sete polegadas (7") pode prejudicar a superfície deste também.

Definição

Geralmente, é lançado em CD ou disco de vinil contendo, na maioria das vezes, de uma a três faixas. É produzido principalmente para lançar ou divulgar um determinado álbum de um artista, podendo mesmo anteceder ou suceder o lançamento deste trabalho.

Os singles em formato vinil são disponibilizados em dois diâmetros: os de sete polegadas (7"), também popularmente conhecidos no Brasil como "discos compactos" (não confundir com a tradução de CD, Compact Disc) e mais utilizados para veiculação nas rádios, e os de doze polegadas (12"), que são os preferidos pelos disc jockeys porque trazem versões "extended" (alongadas, com maior duração) ou remixadas e que facilitam a mixagem ao vivo nas pistas de dança. Em CD, os singles são em sua grande maioria de cinco polegadas (5"), diâmetro padrão de um compact disc, mas existem também os de três polegadas (3"), que são mais incomuns.

Enquanto um álbum de coletânea de determinado artista pode possuir um nome aleatório, um single apresenta-se com o título da canção-tema que nele está gravada, mesmo que o disco tenha apenas uma versão desta.

Um single também pode conter outras canções da mesma banda que não serão lançadas em nenhum álbum posterior, como versões gravadas em espetáculos, ou faixas exclusivas, que visam a eternizar a gravação, ou remixes, isto é, a mesma faixa título com os canais da fita master original remisturados.

O lançamento de singles físicos é uma prática bastante comum em países como o Japão, a Inglaterra, os Estados Unidos, a Austrália e o Canadá, porém pouco frequente no Brasil (apesar de existir um ranking das vendas deles neste país). Sendo pouco comum a edição "física" de singles para venda em Portugal, a compra de música através da Internet (num mercado mundial) e dos toques de chamada de telemóveis,[12] na sua maioria singles, está em desenvolvimento. No formato digital a venda é cada vez mais crescente nesses dois países.

Como definir

  • Single: Possui, no máximo, quatro faixas com a música em sua versão geralmente em radio edit (versão editada para rádios) e dois remixes, além de um B-Side (faixa exclusiva do single).
  • Maxi Single: Tem apenas um B-Side e geralmente várias faixas da música de trabalho em remixes ou apenas uma com a versão normal ou radio edit.
  • Extended Play: Abreviado como EP, é uma gravação de trabalho que possui mais ou menos de quatro a oito Músicas e são geralmente lançados apenas dois Singles de trabalho dele, e algumas faixas são covers de outros artistas.
  • Mini álbum: Possui uma longa gravação que varia até 30 a 40 minutos. Porém ele é curto, variando de sete a nove músicas. Geralmente, o miniálbum vem com pelo menos dois ou três hits do álbum anterior ou B-Sides de alguns singles estão na setlist, geralmente ele tem pelo menos um remix.
  • 3 Inch CD: Ou mini-CD. Possui apenas duas faixas: a música normal e mais uma versão instrumental da mesma música.
  • DVD Single: Possui, geralmente, 5 faixas, incluindo o vídeo da música, photoshoots e um B-Side em formatos de AVI.

Produções

Os singles também podem ser uma oportunidade única para produtores realizarem modificações radicais na versão original de uma canção.

Em um álbum normal, a preocupação maior é sempre dar a cada faixa um caráter comercial, que possa conquistar o público pela harmonia, pelo conjunto de instrumentos, um refrão intercalado com estrofes e outros detalhes que façam a canção ser facilmente absorvida pelo ouvinte. Nas versões de single, um produtor pode liberar seu lado criativo.

Muitas vezes, quando o tema incluído no álbum tem uma duração que pode ser considerada muito grande, nomeadamente para as estações difusoras onde o tempo é precioso, o single apresenta-se com uma "versão editada para rádios" (radio edit), por norma apontando para os 3 minutos e dificilmente ultrapassando os 4 minutos.

Em sentido inverso, muitos singles contam com uma versão "estendida", que nada mais é que o aumento de sua duração com uma introdução e uma ou mais partes instrumentais. Por outro lado, um single também pode conter trabalhos alternativos. Uma mesma música pode ter alterada toda sua base de graves, sua velocidade em bpm (batidas por minuto), pode ter seu vocal modificado, ou contar com participações especiais de outros vocalistas convidados.

Alguns trabalhos de produção do single são conduzidos pelos próprios integrantes da banda, com ou sem a participação de um produtor. Neste caso, o músico revisita a sua própria canção finalizada e dá-lhe uma nova imagem.

Os Disc Jockeys

As versões das músicas que um DJ utiliza em suas apresentações não são, normalmente, as mesmas versões que se ouve em videoclipe ou estações de rádio. Um DJ necessita de versões com introduções e interlúdios maiores que os normais, para que seja possível uma mixagem de uma música na seguinte, sem embaralhamento de vocais, choques de baixos e outras misturas que possam gerar confusão na harmonia do resultado final.

Um single pode ter uma mesma música em várias versões, produzidas especialmente para mixagens ou amantes de versões alternativas. Enquanto uma versão normal de música possui normalmente de 3 a 4 minutos de duração, uma versão de single pode durar até 15 minutos, com grandes introduções, interlúdios instrumentais (breaks), edições, reprises de vocal etc. Estas versões alteradas também são conhecidas como remixes, versões 12, versões club, versões estendidas (extended) etc. Um single também pode conter versões instrumentais e a capella (apenas voz) da música.

Assim, a música eletrônica (ou dance music) é uma das categorias que mais impulsiona a produção de novos singles.

No Brasil

A venda de singles no Brasil não acontece por alguns motivos bastante específicos. Além dos disc jockeys, colecionadores de música e fãs de determinada banda geralmente procuram variações e produções diferenciadas das fornecidas em álbuns comuns vendidos no mercado.

Por ter um mercado restrito, poucas são as lojas de varejo que vendem este tipo de compilação. E consequentemente, os preços praticados também são bastante diferentes em relação aos países de origem dos singles.

Com a característica primordial de divulgação, em países como Estados Unidos, Inglaterra e Itália, um single é, normalmente, vendido ao consumidor final por um décimo do preço de um álbum normal da mesma banda.

No Brasil, um álbum normal é prensado e vendido localmente, enquanto os singles são trazidos de fora. Com os valores de taxas e fretes da importação, o mesmo single chega a custar, para o consumidor brasileiro, o dobro do valor do álbum normal da mesma banda.

Referências

  1. «Como escolher a música de trabalho?». Observatório Cristão
  2. «Entenda os termos mais usados no mundo dos discos de vinil». Consultado em 11 de junho de 2013. Arquivado do original em 3 de setembro de 2012
  3. «Como escolher o single do CD?». loja evangélica. Consultado em 11 de junho de 2013. Arquivado do original em 12 de agosto de 2014
  4. «what is a music single» (em inglês)
  5. «IFPI: compra de música pela internet subiu 25% em 2008». Estadão
  6. «Digital Music Report» (PDF) (em inglês). IFPI
  7. "Uma história do disco gramofone" (em inglês)
  8. O disco padrão de 78 rpm (3º parágrafo) (em inglês)
  9. "Uma cronologia da tecnologia de gravação sonora, 1845-1950", portal da "Biblioteca e Acervo do Canada". Ver: 1949 (em inglês) e (em francês)
  10. Scaruffi, Piero, "Disco-music 1974-78": Os "Bee Gees" lançam ao mundo a moda da disco-music (7º parágrafo: "The Bee Gees"). (em inglês)
  11. Scaruffi, Piero, "Disco-music 1974-78": Nova Iorque, em 1976, Walter Gibbons usa, pela primeira vez, o disco de vinil de 12 polegadas para lançar um single de 11 minutos, lançando uma nova moda (6º parágrafo: "Van McCoy's The Hustle"). (em inglês)
  12. «Associação Fonográfica Portuguesa». Consultado em 9 de junho de 2009. Arquivado do original em 16 de junho de 2009

Gerais

  1. Martland, Peter. 'EMI: The First 100 Years' (EMI: os cem primeiros anos). B.T.Batsford Ltd, London, ISBN 0-7134-6207-8 (em inglês)

Ligações externas

1973

1973 (MCMLXXIII, na numeração romana) foi um ano comum do Século XX que começou numa segunda-feira, segundo o calendário gregoriano. A sua letra dominical foi G. A terça-feira de Carnaval ocorreu a 6 de março e o domingo de Páscoa a 22 de abril. Segundo o Horóscopo Chinês, foi o ano do Boi, começando a 3 de fevereiro.

Akon

Aliaume Damala Badara Akon Thiam, mais conhecido como Akon, (Saint-Louis, Missouri 16 de abril de 1973) é um cantor e rapper de R&B e hip hop americano de ascendência senegalesa. Também é compositor e produtor musical. Akon chegou à fama em 2004 após o lançamento de seu single "Locked Up", do seu álbum de estreia Trouble. Seu segundo álbum, Konvicted, foi indicado para o Grammy Award juntamente com o single "Smack That". Ele é o fundador da Konvict Muzik e Kon Live Distribution. É conhecido por realizar trabalhos com vários artistas, tendo mais de 155 participações, e 23 canções registradas na parada musical Billboard Hot 100. Ele é um dos 10 artistas que conseguiram ficar ao mesmo tempo em primeiro e em segundo lugares simultaneamente nos gráficos da Billboard Hot 100, duas vezes, com "Don't Matter" e "The Sweet Escape". Akon é filho do percussionista de jazz Mor Thiam e fala inglês, francês e wolof.

Australian Recording Industry Association

ARIA é a sigla para "Australian Recording Industry Association" (a Associação da Indústia Fonográfica Australiana), formada por selos e gravadoras para administrar os lançamentos no mercado fonográfico do país. A associação emite semanalmente a apuração de vendas de discos na Austrália, lançados em CD e download digital, o ARIA Charts. Anualmente acontece o ARIA Awards, a premiação da Indústria Fonográfica do país para os artistas que mais venderam cópias ao longo do ano.

CD single

Um CD single é um single lançado na forma de CD, semelhante ao compacto simples feito de vinil. O formato foi introduzido na metade da década de 1980, mas não ganhou muito espaço no mercado fonográfico até a década de 1990. Na década de 2000, foi perdendo espaço para outro formato, o download digital.

Disco de vinil

O disco de vinil, conhecido simplesmente como vinil ou ainda Long Play (LP), é uma mídia desenvolvida no final da década de 1940 para a reprodução musical, que usa um material plástico chamado vinil (normalmente feito de PVC), usualmente de cor preta, que registra informações de áudio, que podem ser reproduzidas através de um toca-discos.

O disco de vinil possui microssulcos ou ranhuras em forma de espiral que conduzem a agulha do toca-discos da borda externa até o centro no sentido horário. Trata-se de uma gravação analógica, mecânica. Esses sulcos são microscópicos e fazem a agulha vibrar. Essa vibração é transformada em sinal elétrico, que é posteriormente amplificado e transformado em som audível (música).

Download digital

Uma descarga digital (também conhecida como download digital, single digital ou download digital pago) é um formato legal de single disponível apenas para compra online.

As descargas digitais são oferecidas com gerenciamento de direitos autorais digitais, que restringe a cópia das faixas e permite reproduzir músicas compradas apenas em dispositivos de música fabricados pela mesma empresa da loja. Por exemplo, músicas compradas pelo iTunes apenas serão tocadas num iPod.

As descargas legais de música existem desde 2000. As descargas digitais pagas devem sofrer com o desenvolvimento de novas técnicas que permitem a extração digital das faixas tocadas nas rádios que, apesar de oferecerem baixa qualidade de som, também é uma prática legal.

Em janeiro de 2017, os DVDs e Blu-rays deixaram de ser o meio mais lucrativo para distribuição de mídia no Reino Unido, sendo ultrapassados pelo download digital e streaming.As lojas online mais procuradas que vendem singles e álbuns digitalmente incluem o Google Play, iTunes Store, o Napster, a Windows Store (para Windows 8 ou superior) e o MusicGiants.

Extended play

Extended play (EP) é uma gravação em disco de vinil, formato digital ou CD que é longa demais para ser considerada um single e muito curta para ser classificada como um álbum musical.

Gravação promocional

Uma gravação promocional (também conhecida como single promocional) é uma gravação emitida em formato vinil, cassete, CD, MP3, VHS, DVD, ou Blu-ray, e distribuídos gratuitamente, a fim de promover uma gravação de comercial. Geralmente, são enviados para a rádio, estações de televisão, jornalistas e comentadores de música antes da data oficial de lançamento, de modo a que as suas opiniões sejam exibidas nas publicações actuais e DJ. São muitas vezes distribuídas em embalagens brancas e lisas, sem texto ou imagem, elementos que aparecem na versão comercial. Normalmente, um single promocional é marcado com alguma variação do seguinte texto: "Licença para uso promocional apenas. Venda proibida". Pode indicar também: "Item deve ser devolvido ao distribuidor, caso este o solicite."

Jogo eletrônico para um jogador

Um jogo eletrônico para um jogador, também conhecido pelo anglicismo single player, é um jogo eletrônico que possibilita a participação de apenas um jogador por partida, geralmente de um jogador humano, e se houver mais participantes, são controlados pelo computador. Essa determinação, entretanto, não inclui jogos on-line ou em LAN, pois outros jogadores também estão jogando o mesmo jogo ao mesmo tempo, ainda que não seja no mesmo computador ou console de videogame.

Lulu Santos

Luiz Maurício Pragana dos Santos (Rio de Janeiro, 4 de maio de 1953), mais conhecido como Lulu Santos, é um cantor, compositor, produtor, multi-instrumentista e guitarrista brasileiro.

Maxi single

Um Maxi single ou Compacto duplo é um single em disco de vinil com mais de 3 minutos de gravação de cada lado, apresentando geralmente duas músicas por face.

O formato se fez popular na década de 1980, quando normalmente se referia a vinis de 12 polegadas. Posteriormente, o formato foi adaptado para CD, mantendo-se a mesma média de faixas.

No Brasil, não é mais um formato comercializado, sendo ainda popular nos Estados Unidos, Japão e países da Europa. Em meados dos anos 2000, um formato semelhante foi lançado no país, batizado de CD Zero, sendo uma espécie de EP.

MegaCharts

MegaCharts, também chamado de Dutch Charts, é um nome de uma paradas musicais oficial dos Países Baixos, segundo o IFPI.

Remo

Remo é um desporto de velocidade, praticado em embarcações estreitas, nas quais os atletas se sentam sobre carrinhos móveis, de costas voltadas para a proa, usando os braços, tronco e pernas para mover o barco o mais depressa possível, em geral em lagoas, rios, enseadas ou pistas construídas especialmente para a prática da modalidade, mas por vezes também no mar..

Pode ser praticado em diferentes categorias, desde barcos para uma pessoa, duas, quatro ou oito. Cada remador pode conduzir o barco utilizando um ou dois remos dependendo do tipo de barco,ou controlar o leme por via de cabos ligados às sapatilhas(nome dado ao sítio onde o remador prende os pés). Alguns barcos ainda podem ter incluída a presença de um timoneiro responsável por dar o ritmo da remada aos atletas.

O remo é um desporto muito completo, quer do ponto de vista dos atletas envolvidos (todos os grandes grupos musculares), quer do ponto de vista da demanda fisiológica que supõe. Na verdade, trata-se de um desporto de resistência-força (aquilo a que os anglo-saxónicos chamam de "power-endurance sport"), ou seja, um desporto que exige níveis muito elevados de força muscular e de resistência à fadiga. Assim, os remadores são, usualmente, muito fortes e bem musculados (ver foto) e possuem uma muito elevada capacidade aeróbica, para poderem oxigenar a grande quantidade de massa muscular utilizada no seu desporto. A combinação destas duas características confere-lhes uma capacidade física singular, senão única.

Um aspecto interessante do remo é que este desporto tende a selecionar os atletas mais altos e com membros mais longos, porque estes conseguem mais facilmente obter um padrão de exercício de força mais continuado e prolongado na água (remada mais ampla). Assim, é raro encontrarmos, por exemplo nas finais olímpicas, remadores com menos de 1,90 m de altura, havendo mesmo muitos com mais de 2,00 m. Dada esta característica do desporto, criou-se a categoria "peso leve", para possibilitar a prática competitiva do remo a homens e mulheres mais próximos do padrão normal da população. Isto possibilitou um novo tipo de atleta , mais "compactos" com um grande rácio de peso/potência ,propensos a regatas de sprint( regatas com 500m)

Rihanna

Robyn Rihanna Fenty (Saint Michael, 20 de Fevereiro de 1988), conhecida simplesmente por Rihanna, é uma cantora, compositora, atriz e empresária de Barbados, de ascendência barbadiana, guianense e irlandesa. Assinou contrato com a editora Def Jam Recordings após uma audição, que despertou o interesse do produtor Evan Rogers e do vice-presidente na altura da editora, Jay-Z, para a jovem artista.Em 2005 gravou o seu primeiro álbum de estúdio, Music of the Sun, que alcançou o top 10 da Billboard 200. Um ano depois lançou o seu segundo trabalho de originais, A Girl like Me, obtendo a quinta posição da tabela musical norte-americana, incluindo a canção que foi o seu primeiro topo norte-americano em single, "SOS". Em 2007, o álbum Good Girl Gone Bad é lançado e atinge a segunda posição na tabela de álbuns da Billboard, sucedendo-se os álbuns Rated R em 2009 que obteve o quarto lugar, Loud em 2010 que alcançou a terceira posição e Talk That Talk em 2011 que alcançou a terceira. No mesmo ano, foi nomeada embaixadora da Cultura e da Juventude do seu país.Vendeu mais de 54 milhões de álbuns e 210 milhões de singles, e em 2011 foi considerada a artista de todos os tempos que mais vendeu a nível digital. A cantora conseguiu colocar catorze singles no topo da Billboard Hot 100 — "SOS", "Umbrella", "Take a Bow", "Disturbia", "Live Your Life", "Rude Boy", "Love the Way You Lie", "What's My Name?", "Only Girl (In the World)", S&M", "We Found Love", "Diamonds" , "The Monster" e "Work" — sendo a artista com mais topos atingidos desde no início da década de 2000 e do século XXI na tabela musical americana Billboard Hot 100, que avalia as cem músicas mais vendidas. É vencedora de oito Grammy, quatro VMA, dois EMA, oito AMA, vinte e dois BMA, cinco TCA, e quatro WMA, entre outros. É também a intérprete musical que mais alcançou a primeira posição nas tabelas da Billboard desde da década de 2000 até ao momento.Rihanna, como os Beatles e Elvis Presley, bateu o recorde de liderar as paradas do Reino Unido em sete anos consecutivos, com sete músicas diferentes. O recorde foi atingido na primeira semana de novembro de 2013, com a música The Monster, ao lado de Eminem.Além de cantora, é compositora, coprodutora, dançarina, modelo, designer de moda, autora e atriz, tendo feito ainda a sua própria marca de guarda-chuvas, Rihanna Umbrellas, após o lançamento do single "Umbrella". Também foi convidada para desempenhar personagens no cinema, nomeadamente em Mama Black Widow, embora o projecto tenha sido cancelado. Foi ainda indicada para o remake de The Last Dragon, protagonizado por Samuel L. Jackson. A 26 de Julho de 2010 foi confirmado que a sua estreia no cinema seria com a participação no filme Battleship, com estreia em 2012.Em 2015, foi anunciado que ela teria um papel importante no próximo filme de Luc Besson, Valerian e a Cidade dos Mil Planetas, uma adaptação da série de quadrinhos Valerian, lançado em 2017. Em agosto de 2016, Rihanna juntou-se ao spin-off feminino da série de filmes Ocean's Eleven, chamado Ocean's Eight, dirigido por Gary Ross, onde atuara ao lado de Sandra Bullock, Cate Blanchett, Helena Bonham Carter e Anne Hathaway.Em Junho de 2019, a Forbes anunciou que Rihanna é a cantora mais rica do mundo, com uma fortuna em torno de US$ 600 milhões, desbancando outras cantoras consagradas como Madonna, Céline Dion e Beyoncé.

Single Ladies (Put a Ring on It)

"Single Ladies (Put a Ring on It)", comumente referida como "Single Ladies", é uma canção da artista musical americana Beyoncé, contida em seu terceiro álbum de estúdio I Am... Sasha Fierce (2008). Foi composta pela própria juntamente com Thaddis "Kuk" Harrell, Christopher "Tricky" Stewart e The-Dream, sendo produzida pela cantora em conjunto com Stewart e The-Dream, com a musicista encarregando-se também da produção vocal. A sua gravação ocorreu em abril de 2008 nos The Boom Boom Room, em Burbank, Califórnia. Inspirada pelo casamento secreto da intérprete com o rapper Jay-Z em abril de 2008, a faixa explora a vontade dos homens de casarem-se, um assunto que motivou The-Dream a escrever o número; de acordo com Stewart, foi "a única declaração pública que [ela e Jay-Z] já fizeram sobre o casamento".

A obra estreou em 8 de outubro de 2008 na estação Power 105.1 e foi enviada pela Columbia Records para rádios rhythmic e urban estadunidenses quatro dias depois, servindo como um single inicial simultâneo com "If I Were a Boy", que foi lançada para emissoras mainstream, mostrando o contraste entre o lado pessoal de Beyoncé e sua personalidade alternativa dos palcos Sasha Fierce. Mais tarde, foi comercializada em formato físico e digital, e promovida com dois extended plays (EPs) com remixes. Musicalmente, "Single Ladies" é uma canção dance-pop e R&B com influências proeminentes de gêneros como dancehall, disco e bounce. Liricamente, reflete situações ocorridas após o término de um namoro ruim e apresenta a protagonista feminina celebrando tal em uma boate na qual seu antigo companheiro também está presente.

O tema recebeu análises geralmente positivas de críticos musicais, que prezaram sua produção suave e os vocais de Beyoncé, e compararam-no com "Get Me Bodied", lançada em 2007 pela mesma. Foi incluída na lista das melhores canções de 2008 por diversas publicações, como a Rolling Stone e a Time e, consequentemente, obteve uma série de vitórias e indicações em diversas premiações, vencendo três troféus nos Grammy Awards de 2010. Obteve êxito comercial, liderando as tabelas do Brasil, da Croácia e dos Estados Unidos, além da UK R&B Singles Chart, e listando-se entre as dez melhores colocações em países como Austrália, Canadá, Irlanda e Reino Unido. Nos Estados Unidos, tornou-se o quinto tema da cantora a culminar na Billboard Hot 100 e recebeu uma certificação de platina quíntupla pela Recording Industry Association of America (RIAA). Mundialmente, sagrou-se como a sétima música mais vendida digitalmente de 2009 com vendas avaliadas em 6.1 milhões de unidades, tornando-se um dos singles mais comercializados em formato digital.

O vídeo musical correspondente foi dirigido por Jake Nava e estreou em 13 de outubro de 2008 através do extinto programa musical Total Request Live. Filmado em preto-e-branco, a produção apresenta uma coreografia J-Setting que foi inspirada por "Mexican Breakfast", uma rotina de dança criada em 1969 e coreografada por Bob Fosse. O vídeo foi parodiado diversas vezes ao redor do mundo, sendo a "primeira grande mania de dança" do terceiro milênio e da era da Internet. A sua rotina de dança foi parodiada pela primeira vez em 15 de novembro de 2008 no programa humorístico Saturday Night Live. Notada por sua abordagem minimalista, a produção foi indicada em nove categorias nos MTV Video Music Awards de 2009 e venceu três delas, incluindo a principal da noite, de Video of the Year. A Columbia lançou uma promoção na qual fãs poderiam enviar suas versões da produção; a vertente vencedora foi incluída no DVD I Am... World Tour (2010). "Single Ladies" foi apresentada em diversos programas televisivos e cerimônias e constou no repertório fixo de todas as turnês e concertos residenciais feitos por Beyoncé desde seu lançamento, com exceção da The Formation World Tour (2016). A canção foi regravada por diversos artistas, como Katy Perry, Liza Minnelli e Sara Bareilles, e foi incluída em diversos tipos de mídia.

The Black Eyed Peas

Black Eyed Peas é um grupo de hip hop, R&B e de música eletrônica, formado em Los Angeles, Califórnia, em 1992. O grupo é atualmente composto por will.i.am, Apl.de.ap e Taboo, com Fergie tendo saído em 2017. Desde seu terceiro álbum Elephunk em 2003, o grupo já vendeu mais de 35 milhões de álbuns e 41 milhões de singles.Seu primeiro hit número um no mundo foi "Where Is the Love?" em 2003. Outro single que chegou ao número um nas paradas europeias, foi "Shut Up". O álbum seguinte do grupo, Monkey Business foi outro sucesso, certificado "4x Platina" nos Estados Unidos com singles como "My Humps", "Don't Phunk With My Heart" e "Pump it".

Em 2009, o grupo se tornou um dos 11 artistas a colocar singles em primeiro e segundo lugar, simultaneamente, na Billboard Hot 100, com seus singles "Boom Boom Pow" e "I Gotta Feeling", o próximo single "Meet Me Halfway" alcançou um sucesso similar, a partir do álbum The E.N.D, estes três singles também lideraram as paradas por 30 semanas consecutivas em 2009. O álbum mais tarde conseguiu mais uma vez a primeira posição da Hot 100 com "Imma Be", tornando o grupo um dos poucos à colocar três singles número um no chart do mesmo álbum antes de ser seguido com "Rock That Body", que conseguiu pico no Top 10 da Hot 100. "I Gotta Feeling" tornou-se o primeiro single a vender mais de 1 milhão de downloads no Reino Unido e a primeira música da história a chegar a marca de 6 milhões de downloads nos EUA.Em novembro de 2010, eles lançaram seu álbum The Beginning. O primeiro single do álbum foi "The Time (Dirty Bit)".A canção liderou as paradas em diversos países. Em fevereiro de 2011, o grupo se apresentou no Super Bowl XLV. O segundo single do álbum foi "Just Can't Get Enough" e foi lançado em fevereiro de 2011. O vídeo foi filmado no Japão uma semana antes do terremoto de 2011. A canção foi dedicada a amigos japoneses. O terceiro single, "Don't Stop the Party" foi lançado em maio de 2011. O vídeo deste single foi filmado no Brasil, com cenas da The END World Tour no país e da vinda de will.i.am no carnaval do Rio de Janeiro em 2011.

Ultratop 40 Singles

Ultratop 40 Singles é uma parada musical de vendas de singles na Valônia e Região de Bruxelas, na Bélgica. O equivalente em Flanders é a Ultratop 50. Assim como o UK Singles Chart, Ultratop cria charts baseadas em vendas de CDs single e de downloads digitais.

Álbum

Um álbum musical é uma coleção de músicas relacionadas, lançadas juntas comercialmente em um formato de áudio para o público. As faixas do álbum normalmente estão relacionadas quanto a tema e estilo musical, mas isso não é uma regra. Um álbum pode ser lançado em diversas mídias diferentes, desde mídias "físicas", como CD, DVD áudio, fita cassete e disco de vinil, até mídias "digitais", como arquivos MP3 e AAC.O álbum de maior sucesso e popularidade de todos os tempos, além de ser o mais vendido (com mais de 60 milhões de unidades comercializadas) é Thriller, do cantor e compositor norte-americano Michael Jackson, lançado pela gravadora Epic Records, em novembro de 1982.

Álbum de estúdio

Um álbum de estúdio é um álbum que possui a maioria de suas canções inéditas gravadas em estúdio por um(a) artista musical, sendo que álbuns de estúdio geralmente possuem 8 ou mais faixas. Caso o álbum possua a maioria de suas canções inéditas e tenha sido trabalhado em estúdio, mas é curto, ele é considerado um EP.

História da música
Composição e teoria
Educação musical e carreiras
Produção
Indústria fonográfica
Gêneros culturais e regionais
Por Estados soberanos
Outros tópicos

Noutras línguas

This page is based on a Wikipedia article written by authors (here).
Text is available under the CC BY-SA 3.0 license; additional terms may apply.
Images, videos and audio are available under their respective licenses.