Laureados com o Nobel de Fisiologia ou Medicina

O Nobel de Fisiologia ou Medicina é um prémio atribuído anualmente pelo Instituto Karolinska, da Suécia, recompensando as pessoas que se destaquem nas áreas de investigação da Fisiologia ou da Medicina. É um dos prémios internacionais de investigação científica instituídos em 1901 por Alfred Nobel, conhecidos como Prémios Nobel.

Lista de laureados

Esta é a lista dos agraciados com o Nobel de Fisiologia ou Medicina:

1901-1950

Ano N.º Imagem Nome País Citação
1901 1 EmilVonBehring Emil Adolf von Behring  Alemanha Pela terapia do soro para tratar a difteria
1902 2 Ronald Ross Ronald Ross  Reino Unido Por investigações sobre a malária
1903 3 Niels ryberg Niels Ryberg Finsen  Dinamarca Pelo emprego da luz no tratamento do lupus vulgaris
1904 4 Ivan Pavlov nobel Ivan Petrovich Pavlov Rússia Rússia Por suas pesquisas sobre a fisiologia da digestão
1905 5 RobertKoch cropped Robert Koch  Alemanha Pela descoberta da causa da tuberculose
1906 6 Camillo Golgi nobel Camillo Golgi  Itália Por investigações sobre o sistema nervoso
7 Cajal-Restored Santiago Ramón y Cajal Flag of Spain.svg Espanha
1907 8 Charles Laveran nobel Charles Louis Alphonse Laveran  França Por pesquisas sobre as doenças causadas por protozoários
1908 9 Ilya Mechnikov nobel Ilya Ilyich Mechnikov Rússia Rússia Pelos seus estudos sobre o sistema imunitário
10 Paul Ehrlich (1926-27 Microbe Hunters) Paul Ehrlich  Alemanha
1909 11 Emil Theodor Kocher nobel Emil Theodor Kocher  Alemanha Pelos seus trabalhos sobre a fisiologia, patologia e cirurgia da tiróide
1910 12 Kossel, Albrecht (1853-1927) Albrecht Kossel  Alemanha Por investigações em biologia celular, especialmente proteínas e ácidos nucleicos
1911 13 Allvar Gullstrand Allvar Gullstrand  Suécia Pelo seu trabalho sobre as dioptrias do olho
1912 14 Alexis Carrel 02 Alexis Carrel  França Por trabalhos sobre sutura vascular e transplante de vasos sanguíneos e órgãos
1913 15 Charles Robert Richet nobel Charles Robert Richet  França Por descobrir a anafilaxia
1914 16 Robert Barany Robert Bárány  Áustria-Hungria Por suas investigações sobre o aparelho vestibular no ouvido interno
1915 O prémio monetário foi atribuído ao Fundo Especial da secção deste prémio
1916
1917
1918
1919 17 Jules Bordet nobel Jules Bordet  Bélgica Pela descoberta de um factor bactericida presente no soro do sangue dos mamíferos, conhecido como complemento
1920 18 August Krogh Bain 32006 Schack August Steenberg Krogh  Dinamarca Pela descoberta do mecanismo que regula o intercâmbio gasoso na respiração e por descobrir a fisiologia dos vasos capilares
1921 O prémio monetário foi atribuído ao Fundo Especial da secção deste prémio
1922 19 Archibald Vivian Hill Archibald Vivian Hill  Reino Unido Por suas descobertas sobre a produção de calor pelos músculos
20 Otto Fritz Meyerhof Otto Fritz Meyerhof  Alemanha Por sua descoberta da relação fixa entre o consumo de oxigênio e o metabolismo de ácido láctico na musculatura
1923 21 Fredrick banting Frederick Grant Banting  Canadá Pela descoberta da insulina
22 J.J.R. Macleod ca. 1928 John James Richard Macleod
1924 23 Willem Einthoven Willem Einthoven  Países Baixos Pela invenção do electrocardiograma
1925 O prémio monetário foi atribuído ao Fundo Especial da secção deste prémio
1926 24 J Fibiger Johannes Fibiger  Dinamarca Por pesquisas sobre a hipótese inflamatória na etiopatogenia do cancro
1927 25 Julius Wagner-Jauregg Julius Wagner von Jauregg  Áustria Por sua descoberta do valor terapêutico da inoculação da malária no tratamento da demência paralítica
1928 26 Jules Nicole Charles Nicolle  França Por pesquisas sobre o tifo
1929 27 Christiaan Eijkman Christiaan Eijkman  Países Baixos Pela descoberta das vitaminas
28 Frederick Gowland Hopkins nobel Frederick Gowland Hopkins  Reino Unido
1930 29 Karl Landsteiner  Áustria Pela descoberta dos grupos sanguíneos
1931 30 Otto Warburg Otto Heinrich Warburg Alemanha Alemanha Por investigações sobre o citocromo na respiração celular
1932 31 Prof. Charles Scott Sherrington Charles Scott Sherrington  Reino Unido Por descobrir a função dos neurônios
32 Edgar Douglas Adrian nobel Edgar Douglas Adrian
1933 33 Thomas Hunt Morgan Thomas Hunt Morgan  Estados Unidos Por suas descobertas sobre a função dos cromossomos na hereditariedade
1934 34 George Whipple nobel George Whipple  Estados Unidos Por trabalhos em terapias do fígado para combate à anemia macrocítica
35 George Minot nobel George Minot
36 William P Murphy William Murphy
1935 37 Hans Spemann nobel Hans Spemann Alemanha Pela descoberta do efeito organizador no desenvolvimento embrionário
1936 38 Henry Dale nobel Henry Dale  Reino Unido Pela descoberta da transmissão química dos impulsos nervosos
39 Otto Loewi nobel Otto Loewi Alemanha
1937 40 Albert Szent-Györgyi cropped Albert Szent-Györgyi  Hungria Por descobrir a vitamina C como catalisador
1938 41 Corneille Heymans nobel Corneille Heymans  Bélgica Por descobrir o efeito das estruturas dos sinus e da aorta sobre a respiração
1939 42 Gerhard Domagk nobel Gerhard Domagk Alemanha Por ter descoberto os efeitos antibacterianos de certas drogas sulfonamidas, atualmente usadas no tratamento e na cura da hanseníase
1940 O prémio monetário foi atribuído 1/3 ao Fundo Principal e 2/3 para o Fundo Especial da secção deste prémio
1941
1942
1943 43 Henrik Dam nobel Henrik Dam  Dinamarca Pelo seu trabalho na descoberta e função fisiológica da vitamina K
44 Edward A Doisy Edward Doisy  Estados Unidos
1944 45 Joseph Erlanger nobel Joseph Erlanger  Estados Unidos Por suas pesquisas sobre as fibras nervosas
46 Herbert Spencer Gasser nobel Herbert Gasser
1945 47 Alexander Fleming 1945 Alexander Fleming Escócia Pela descoberta da penicilina e seus efeitos curativos em várias doenças infecciosas
48 Ernst Boris Chain 1945 Ernst Chain  Reino Unido
(nascido na  Alemanha, porém renunciou a sua nacionalidade alemã e se naturalizou britânico em 1939)
49 Howard Walter Florey 1945 Howard Florey  Austrália
1946 50 HJ Muller 1952 Hermann Muller  Estados Unidos Por estudos sobre a acção dos raios X como produtores de mutações e da acção das radiações sobre as células
1947 51 Carl Ferdinand Cori Carl Ferdinand Cori  Estados Unidos Por suas descobertas do processo de conversão catalítica de carboidratos
52 Gerty Theresa Cori Gerty Cori
53 Bernado Houssay Bernardo Houssay  Argentina Por sua descoberta do papel desempenhado pelo hormônio secretado pela hipófise no metabolismo do açucar
1948 54 Paul Hermann Müller nobel Paul Hermann Müller Suíça Pela sua descoberta da alta eficácia do DDT como veneno de contacto no tratamento de artrópodes
1949 55 Walter Hess Walter Rudolf Hess Suíça Pela descoberta da relevância da leucotomia (lobotomia) pré-frontal no tratamento de certas doenças mentais
56 Moniz António Egas Moniz Portugal Portugal
1950 57 Edward Calvin Kendall 1940s Edward Calvin Kendall  Estados Unidos Por suas descobertas relativas aos hormônios do córtex adrenal, sua estrutura e efeitos biológicos
58 Thadeus Reichstein ETH-Bib Portr 10137 Tadeusz Reichstein  Polónia
59 Silver - replace this image male Philip Showalter Hench  Estados Unidos

1951-2000

Ano N.º Imagem Nome País Citação
1951 60 Max Theiler nobel Max Theiler África do Sul Pelo desenvolvimento das primeiras vacinas efectivas para a febre amarela
1952 61 Selman Waksman NYWTScrop Selman Waksman  Estados Unidos
(nat. Ucrânia)
Pela descoberta do antibiótico estreptomicina
1953 62 Hans Adolf Krebs Hans Krebs  Reino Unido
(nat. Alemanha)
Pela descrição do Ciclo de Krebs
63 Portrait of Fritz Albert Lipmann (1899-1986), Biochemist (2551001689) Fritz Albert Lipmann  Estados Unidos
(nat. Alemanha)
1954 64 Enders2 John Franklin Enders Pelo cultivo do vírus da poliomielite, que tornou possível a descoberta da vacina Salk
65 Silver - replace this image male Thomas Huckle Weller
66 Frederick C. Robbins 1954 Frederick Chapman Robbins
1955 67 Hugo Theorell nobel Axel Hugo Theodor Theorell  Suécia Pelos seus trabalhos sobre os processos bioquímicos das enzimas
1956 68 Silver - replace this image male André Cournand  Estados Unidos
(nat. França)
Por realizar pesquisas com cateterismo, que revolucionaram as pesquisas sobre doenças cardíacas
69 Werner Forssmann nobel Werner Forßmann  Alemanha
70 Silver - replace this image male Dickinson Richards  Estados Unidos
1957 71 Daniel Bovet nobel Daniel Bovet Suíça
 Itália
Por ter sintetizado o primeiro anti-histamínico clinicamente disponível
1958 72 Silver - replace this image male George Beadle  Estados Unidos Por pesquisas sobre genética e também sobre as mudanças ambientais que acabam provocando alterações genéticas
73 Edward Lawrie Tatum Edward Tatum
74 Joshua Lederberg crop Joshua Lederberg
1959 75 Severo Ochoa  Estados Unidos
(nat. Espanha)
Por suas pesquisas com o RNA e DNA
76 Arthur Kornberg Arthur Kornberg  Estados Unidos
1960 77 Frank Macfarlane Burnet nobel Frank Burnet  Austrália Pelas suas descobertas sobre a tolerância imunológica adquirida
78 Peter Brian Medawar Peter Brian Medawar  Reino Unido
(nat. Brasil)
1961 79 Georg von Békésy nobel Georg von Békésy  Estados Unidos
(nat. Hungria)
Por suas descobertas do mecanismo da estimulação da cóclea
1962 80 Francis Crick crop Francis Crick  Reino Unido Pela descoberta da estrutura do DNA
81 JamesWatson James Watson  Estados Unidos
82 Maurice Wilkins nobel Maurice Wilkins  Estados Unidos
(nat. Nova Zelândia)
1963 83 Eccles lab John Eccles  Austrália Por realizar pesquisas sobre o mecanismo dos impulsos nervosos e seu modo de transmissão
84 Alan Lloyd Hodgkin nobel Alan Hodgkin  Reino Unido
85 Andrew Fielding Huxley nobel Andrew Huxley
1964 86 Konrad Bloch Konrad Bloch  Estados Unidos
(nat. Alemanha)
Pelos seus trabalhos sobre o metabolismo do colesterol
87 Feodor Lynen with pipette Feodor Lynen
1965 88 François Jacob nobel François Jacob  França Por trabalhos sobre regulação da atividade gênica em bactérias e em vírus
89 André Lwoff nobel André Michel Lwoff
90 Jacques Monod nobel Jacques Monod
1966 91 Silver - replace this image male Francis Rous  Estados Unidos Por estudos sobre o câncer animal
92 Silver - replace this image male Charles Huggins
1967 93 Ragnar Granit2 Ragnar Granit  Finlândia
Por suas descobertas sobre a fisiologia primária e química dos processos visuais do olho
94 HKHartline Haldan Hartline  Estados Unidos
95 George Wald nobel George Wald
1968 96 Robert Holley-crop Robert Holley Pela decifração do código genético e seu papel na síntese das proteínas
97 Har Gobind Khorana Har Khorana  Estados Unidos
(nat. Índia)
98 Marshall Nirenberg 2003 Marshall Nirenberg  Estados Unidos
1969 99 Max Delbruck Max Delbrück  Estados Unidos
(nat. Alemanha)
Por suas descobertas sobre a estrutura genética e os mecanismos de replicação dos bacteriófagos
100 Alfred Hershey Alfred Hershey  Estados Unidos
101 Salvador E. Luria ca.1969 Salvador Luria  Itália
 Estados Unidos
1970 102 Sir Bernard Katz Bernard Katz  Alemanha
 Estados Unidos
Por realizar estudos fundamentais sobre os mecanismos de transmissões de impulsos nervosos.
103 Ulf von Euler Ulf Svante von Euler  Suécia
104 Axelrod01 Julius Axelrod  Estados Unidos
1971 105 75px Earl Sutherland Por estudos sobre os mecanismos hormonais e demonstrar o desenvolvimento de numerosos processos metabólicos que ocorrem nos animais.
1972 106 Professor Gerald M. Edelman (cropped) Gerald Edelman Por pesquisas sobre a estrutura e natureza química dos anticorpos.
107 Rodney Robert Porter Rodney Porter  Reino Unido
1973 108 Silver - replace this image male Karl Ritter von Frisch  Alemanha
(nat. Áustria-Hungria)
Pelos seus trabalhos em etologia: comportamento e comunicação animal
109 Konrad Lorenz Konrad Lorenz  Áustria
110 Nikolaas Tinbergen 1978 Nikolaas Tinbergen  Reino Unido
(nat. Países Baixos)
1974 111 Silver - replace this image male Albert Claude  Bélgica Pela descoberta de estruturas e funções celulares.
112 Christian de Duve Christian de Duve
113 RO033-16 George Palade  Estados Unidos
(nat. Roménia)
1975 114 Dr. David Baltimore2 David Baltimore  Estados Unidos Por pesquisas sobre a interação entre tumores viróticos e o material genético.
115 Renato Dulbecco crop Renato Dulbecco  Itália
116 Silver - replace this image male Howard Martin Temin  Estados Unidos
1976 117 Baruch Samuel Blumberg by Tom Trower (NASA) Baruch Blumberg Por realizar pesquisas entre indígenas da Papua-Nova Guiné, dizimados por uma doença neurológica infecciosa denominada tremor.
118 Silver - replace this image male Daniel Carleton Gajdusek
1977 119 Silver - replace this image male Roger Guillemin  França
Por estudos relacionados com vários hormônios produzidos pelo hipotálamo.
120 Andrew Schally portrait Andrzej Schally  Estados Unidos
(nat. Polónia)
121 Rosalyn Yalow Rosalyn Yalow  Estados Unidos
1978 122 Werner Arber 2008 Werner Arber Suíça Pela descoberta da enzima de restrição e suas aplicações em problemas de genética molecular.
123 Silver - replace this image male Daniel Nathans  Estados Unidos
124 Hamilton Smith Hamilton Smith
1979 125 Silver - replace this image male Allan Cormack  Estados Unidos
(nat. África do Sul)
Por ter participado da criação de diagnosticar doenças pela tomografia axial computadorizada.
126 Silver - replace this image male Godfrey Hounsfield  Reino Unido
1980 127 Silver - replace this image male Baruj Benacerraf  Estados Unidos
(nat. Venezuela)
Pelas suas descobertas de estruturas da superfície celular determinadas geneticamente, que regulam as reacções imunológicas (Sistema HLA).
128 Jean Dausset 1968 Jean Dausset  França
129 Silver - replace this image male George Davis Snell  Estados Unidos
1981 130 Silver - replace this image male Roger Sperry Por pesquisas sobre a separação e identificação das funções dos hemisférios esquerdo e direito do cérebro.
131 Silver - replace this image male David Hubel
132 Torsten Wiesel-7Nov2006 Torsten Wiesel  Suécia
1982 133 Sune Bergström 3 Sune Bergström Por pesquisas sobre prostaglandinas.
134 Bengt Samuelsson Bengt Samuelsson
135 John Robert Vane John Vane  Reino Unido
1983 136 Barbara McClintock (1902-1992) shown in her laboratory in 1947 Barbara McClintock  Estados Unidos Pelo seu trabalho com os transposões
1984 137 Niels Kaj Jerne 1950 crop Niels Jerne  Reino Unido Por explicar a formação de anticorpos.
138 Silver - replace this image male Georges Köhler  Alemanha
139 Milstein lnp César Milstein  Argentina
1985 140 Mike Brown 2003 Michael Stuart Brown  Estados Unidos Por elucidar o metabolismo do colesterol no organismo humano
141 Joe Goldstein Joseph Goldstein
1986 142 Stanley Cohen-Biochemist Stanley Cohen Pelas suas descobertas do fator de crescimento da epiderme
143 Rita Levi Montalcini Rita Levi-Montalcini  Itália
1987 144 Susumu Tonegawa Photo Susumu Tonegawa  Japão Pela sua descoberta do fundamento genético da formação de uma ampla variedade de anticorpos
1988 145 James Black (pharmacologist) James Black  Reino Unido Por suas descobertas de princípios fundamentais para o tratamento com drogas.
146 Gertrude Elion Gertrude Elion  Estados Unidos
147 George H. Hitchings 1988 George Hitchings
1989 148 Nci-vol-8172-300 j michael bishop John Michael Bishop Pela compreensão do modo como a produção de tumores malignos a partir de alterações que se produzem nos genes normais de uma célula, que não são apenas produzidos por vírus, mas também podem ser produzidos por radiações, substâncias químicas, etc
149 HEVarmus Harold Varmus
1990 150 Edward Donnall "Don" Thomas Edward Donnall Thomas Pelas suas descobertas acerca do transplante celular e de órgãos no tratamento de doenças humanas.
151 Silver - replace this image male Joseph Murray
1991 152 Erwin neher 2007 lindau Erwin Neher  Alemanha Por suas descobertas sobre a função dos canais iônicos simples das células
153 Sakmann Bert Sakmann
1992 154 Edmond Fischer Nobel Laureate 1992 Edmond Fischer Suíça Por suas descobertas sobre fosforilação como dispositivo biológico regulador
155 Silver - replace this image male Edwin Krebs  Estados Unidos
1993 156 Roberts, Richard John (1943) Richard Roberts  Reino Unido Pelo seu trabalho sobre os intrões, fragmentos de ADN não relacionados com a informação genética
157 Phillip A Sharp NIH Phillip Allen Sharp  Estados Unidos
1994 158 Alfred Goodman Gilman (cropped) Alfred Gilman Por suas descobertas das proteínas G e sua função na transdução de sinal nas células
159 Rodbell, Martin (1925-1998) Martin Rodbell
1995 160 Silver - replace this image male Edward Lewis Pela identificação dos genes que controlam o início do desenvolvimento dos animais (gene homeótico)
161 Christiane Nüsslein-Volhard mg 4383 Christiane Nüsslein-Volhard  Alemanha
162 Eric F. Wieschaus Eric Wieschaus  Estados Unidos
1996 163 Silver - replace this image male Peter Doherty  Austrália Pelas suas descobertas sobre a resposta imunitária das células face ao ataque de organismos infecciosos
164 Rolf Zinkernagel Erudite Conclave medical college trivandrum Rolf Zinkernagel Suíça
1997 165 Prusiner 1 Stanley Prusiner  Estados Unidos Pela descoberta do prião como partícula infecciosa proteica
1998 166 Drfurchgott Robert Furchgott Pelos seus trabalhos sobre o óxido nítrico
167 Loius Ignarro Louis Ignarro
168 Ferid Murad Ferid Murad
1999 169 Gunter Blobel 2008 1 Günter Blobel  Alemanha Pela descoberta de que as proteínas têm sinais intrínsecos que regem o seu transporte nas células
2000 170 Arvid Carlsson 2011a Arvid Carlsson  Suécia Por suas descobertas sobre a transdução de sinal no sistema nervoso.
171 Paul Greengard Paul Greengard  Estados Unidos
172 Eric Richard Kandel Eric Kandel  Áustria
 Estados Unidos

2001-2019

Ano N.º Imagem Nome País Citação
2001 173 Replace this image male Leland Hartwell  Estados Unidos Por descobrir genes e moléculas envolvidos na regulação da divisão celular.
174 Tim hunt Richard Timothy Hunt  Reino Unido
175 Paul Nurse portrait Paul Nurse
2002 176 EMLederberg GStent SBrenner JLederberg 1965 wiki Sydney Brenner África do Sul Por investigações sobre o fenómeno da apoptose com os nemátodos Caenorhabditis elegans
177 Replace this image male Robert Horvitz  Estados Unidos
178 John Sulston John Sulston  Reino Unido
2003 179 PaulLauterbur Paul Christian Lauterbur  Estados Unidos Pela invenção e desenvolvimento da ressonância magnética nuclear
180 Peter Mansfield Leipzig Peter Mansfield  Reino Unido
2004 181 LindaBuck cropped 1 Linda Buck  Estados Unidos Pelas suas descobertas dos receptores odoríferos e organização do sistema olfactivo
182 2008 nidcd symposium hi Dr Richard Axel Richard Axel
2005 183 Robin Warren John Robin Warren  Austrália Pela sua descoberta da bactéria Helicobacter pylori e seu papel na úlcera de estômago e gastrite
184 Marshall 2008 Barry J. Marshall
2006 185 Andrew Fire, Stanford University Andrew Fire  Estados Unidos Pela descoberta da ribointerferência
186 Replace this image male Craig Mello
2007 187 Mario Capecchi UTHSCSA Mario Capecchi  Itália
 Estados Unidos
Pelos seus trabalhos sobre células-tronco e manipulação genética em modelos animais
188 Oliver-smithies Oliver Smithies  Reino Unido
189 Martin Evans Nobel Prize Martin Evans
2008 190 Harald zur Hausen-press conference Dec 06th, 2008-6 Harald zur Hausen  Alemanha Pela descoberta do vírus do papiloma humano, causador do câncer cervical.
191 Françoise Barré-Sinoussi-press conference Dec 06th, 2008-1 Françoise Barré-Sinoussi  França Por suas descobertas sobre o vírus da imunodeficiência humana
192 LucMontagnier1995 065 Luc Montagnier
2009 193 Elizabeth Blackburn 2009-01 Elizabeth Blackburn  Estados Unidos Pela descoberta da enzima telomerase e dos telómeros como protectores das extremidades dos cromossomas[1]
194 Carol Greider 2009-01 Carol Greider
195 JSzostak Jack Szostak
2010 196 Replace this image male Robert Geoffrey Edwards  Reino Unido Pelo desenvolvimento da fertilização in vitro[2]
2011 197 Nobel Prize 2011-Press Conference KI-DSC 7512 Bruce Beutler  Estados Unidos Por descobertas sobre a ativação da imunidade inata[3]
198 Nobel Prize 2011-Press Conference KI-DSC 7581 Jules Hoffmann  França
199 Replace this image male Ralph Steinman  Canadá Por suas descobertas sobre as células dendríticas[3]
2012 200 John Gurdon Cambridge 2012 John Gurdon  Reino Unido Pela descoberta de que células maduras podem ser reprogramadas de modo a tornarem-se pluripotentes[4]
201 Shinya Yamanaka, 20130224 Shinya Yamanaka  Japão
2013 202 Replace this image male James E. Rothman  Estados Unidos Pelas suas descobertas da maquinaria de regulação do tráfego vesicular, um importante sistema de transporte nas nossas células.[5][6]
203 Randy Schekman 8 February 2012 Randy Schekman
204 Replace this image male Thomas Südhof  Alemanha
2014 205 John O'Keefe (neuroscientist) 2014 John O'Keefe  Reino Unido Pelas suas descobertas de células que constituem um sistema de posicionamento no cérebro.[7]
206 May-Britt Moser 2014 May-Britt Moser  Noruega
207 Edvard Moser Edvard Moser
2015 208 William C. Campbell 4983-1-2015 William Cecil Campbell  Irlanda Pelas suas descobertas sobre uma nova terapia contra infecções causadas por parasitas lombriga. [8]
209 Satoshi Ōmura 5040-2015 Satoshi Ōmura  Japão
210 Tu Youyou 5012-1-2015 Tu Youyou  China Pelas suas descobertas sobre uma nova terapia contra a malária. [8]
2016 211 Yoshinori Osumi 201511 Yoshinori Ohsumi  Japão Por suas descobertas sobre os mecanismos da autofagia.[9]
2017 212 Replace this image male Jeffrey C. Hall  Estados Unidos "por suas descobertas dos mecanismos moleculares controlando o ritmo circadiano"[10]
213 Replace this image male Michael Rosbash
214 Michael W Young Michael Warren Young
2018 215 James P. Allison (2015) James P. Allison  Estados Unidos "por descobertas relacionadas com o papel do sistema imunitário na luta contra o cancro"[11]
216 Tasuku Honjo 201311 Tasuku Honjo  Japão
2019 217 William Kaelin Jr.  Estados Unidos "por suas descobertas de como as células sentem e adaptam-se à disponibilidade de oxigênio"[12]
218 Peter J. Ratcliffe at Centro Cultural de la Ciencia 01 Peter J. Ratcliffe  Reino Unido
219 Gregg L. Semenza  Estados Unidos

Referências

  1. Eduardo Caetano (5 de outubro de 2009). «Prémio para descoberta que traz esperança ao tratamento do cancro». RTP. Consultado em 5 de outubro de 2009
  2. «The Nobel Prize in Physiology or Medicine 2010: Robert G. Edwards». 4 de outubro de 2010. Consultado em 4 de outubro de 2010
  3. a b «The Nobel Prize in Physiology or Medicine 2011». Nobel Foundation. Consultado em 3 de outubro de 2011
  4. «The Nobel Prize in Physiology or Medicine 2012». Nobel Foundation. Consultado em 8 de outubro de 2012
  5. «The Nobel Prize in Physiology or Medicine 2013». Nobel Foundation. Consultado em 7 de outubro de 2013
  6. publico.pt (7 de outubro de 2013). «Nobel da Medicina de 2013 para sistema de transporte essencial nas células». 7-10-2013. Consultado em 7 de outubro de 2013
  7. «The Nobel Prize in Physiology or Medicine 2014». Nobel Foundation. Consultado em 6 de outubro de 2014
  8. a b «The Nobel Prize in Physiology or Medicine 2015». Nobel Foundation. Consultado em 5 de outubro de 2015
  9. «The Nobel Prize in Physiology or Medicine 2016». Nobel Foundation. Consultado em 3 de outubro de 2016
  10. «The Nobel Prize in Physiology or Medicine 2017». Nobel Foundation. Consultado em 2 de outubro de 2017
  11. «nvestigação sobre imunoterapia para o cancro vence Prémio Nobel da Medicina». 1 de outubro de 2018. Consultado em 1 de outubro de 2018
  12. «The Nobel Prize in Physiology or Medicine 2019». 7 de outubro de 2019. Consultado em 7 de outubro de 2019

Ligações externas

2017

2017 (MMXVII, na numeração romana) foi um ano comum do século XXI que começou num domingo, segundo o calendário gregoriano. A sua letra dominical foi A. A terça-feira de Carnaval ocorreu a 28 de fevereiro e o domingo de Páscoa a 16 de abril. Segundo o horóscopo chinês, foi o ano do Galo, começando a 28 de janeiro.

Encyclopædia Britannica

A Encyclopædia Britannica é uma enciclopédia generalista de língua inglesa publicada pela Encyclopædia Britannica, Inc., uma editora privada. Os verbetes na Britannica têm como público alvo diretamente os leitores adultos cultos; a enciclopédia é escrita por 19 editores em tempo integral e conta com a colaboração de mais de quatro mil peritos. É amplamente considerada como a mais acadêmica das enciclopédias.A Britannica inicialmente foi publicada entre 1768 e 1771, em Edimburgo, Reino Unido, e depressa aumentou em popularidade e tamanho, com a sua terceira edição, em 1801, alcançando os vinte volumes. O aumento de tamanho implicou a contratação de colaboradores, e as suas 9.ª (1875–1889) e 11.ª edições (1911) são consideradas como marcos no que toca a enciclopédias acadêmicas e de estilo literário. Começando com a 11.ª edição, a Britannica foi gradualmente diminuindo e simplificando os seus artigos a fim de os tornar mais acessíveis, e alargar a sua expansão ao mercado nos Estados Unidos. Em 1933, a Britannica tornou-se a primeira enciclopédia a adotar a política "em contínua revisão", que resulta em que a enciclopédia seja continuamente reimpressa e cada verbete seja atualizado regularmente.A edição atual (a 15.ª) tem uma única estrutura dividida em três partes: a Micropædia, de 12 volumes, contém verbetes menores (geralmente tendo menos de 750 palavras), a Macropædia, de 17 volumes, com longos artigos (tendo de duas a 310 páginas cada) e a Propædia, num só volume, que pretende fornecer um esboço do conhecimento humano, de modo hierárquico. A Micropædia é destinada a pesquisa rápida e a servir como guia para a Macropædia; os leitores são aconselhados a estudar o esboço da Propædia a fim de entender o contexto do assunto e para encontrar outros artigos, mais detalhados. O tamanho da Britannica tem-se mantido muito constante ao longo dos últimos 70 anos, com cerca de 40 milhões de palavras e meio milhão de tópicos. Embora a sua publicação tenha sede nos Estados Unidos desde 1901, a Britannica manteve a ortografia inglesa tradicional.Ao longo da História, a Britannica tem tido dificuldade em permanecer rentável — um problema enfrentado por muitas enciclopédias. Alguns verbetes, em determinadas edições anteriores da Britannica, foram acusados de imprecisão, viés ou falta de qualificação dos colaboradores. A precisão de partes da edição mais recente (de 2005) tem sido igualmente questionada, embora tais críticas tenham sido contestadas pela gestão da Britannica. Apesar disso, a Britannica mantém a sua reputação como fonte de pesquisa confiável. Em 3 de março de 2012, foi anunciado que a Encyclopædia Britannica, agora com sede em Chicago, não iria publicar mais versões impressas em papel focando-se apenas na sua versão online.

Instituto Karolinska

O Instituto Karolinska (em sueco, Karolinska Institutet ou KI) é uma das maiores faculdades de medicina da Europa.

Com o Hospital Universitário Karolinska (Karolinska Universitetssjukhuset), associado à universidade, o KI (Karolinska Institutet) constitui um dos maiores centros de treinamento e pesquisa da Suécia, responsável por 30% do treinamento médico e 40% da pesquisa médica acadêmica do país.

O hospital universitário dispõe de 1600 camas, e conta com 15 800 colaboradores, atendendo anualmente 1 069 000 pacientes.

7 774 estudantes, dos quais 22% estrangeiros, frequentam a faculdade de medicina do instituto.

Medalha Dupla Hélice

A Medalha Dupla Hélice (em inglês: Double Helix Medal) é um prêmio concedido desde 2006 pelo Laboratório Cold Spring Harbor (CSHL) a pessoas que impactaram positivamente no aprimoramento da saúde humana mediante cuidados e fundos para pesquisa biomédica. No jantar inaugural Muhammad Ali recebeu a primeira medalha, por sua luta contra a doença de Parkinson. Outras pessoas notáveis que também receberam a medalha incluem os fundadores da Autism Speaks Suzanne e Bob Wright; o ex-chefe da Paramount Pictures Sherry Lansing, que produziu o teleton Stand Up to Cancer; Evelyn Lauder, que fundou a The Breast Cancer Research Foundation; Hank Greenberg da The Starr Foundation, que é uma das maiores apoiadoras da pesquisa científica; Marilyn e James Harris Simons, os maiores apoiadores individuais do mundo para a pesquisa do autismo; David Koch que doou mais de 300 milhões de dólares para pesquisa biomédica; e proeminentes cientistas e laureados com o Nobel.

A medalha é nomeada em lembrança da estrutura em forma de escada caracol da molécula de DNA, descoberta por James Watson e Francis Crick em 1953. Ambos, juntamente com Maurice Wilkins, foram laureados com o Nobel de Fisiologia ou Medicina de 1962 pela descoberta da dupla hélice, que Watson e Crick chamaram "o segredo da vida." O estudo do DNA, que contém toda a informação da vida, é de importância central para a pesquisa biológica, e está no cerne do trabalho do CSHL.

Nobel de Fisiologia ou Medicina

O Prémio Nobel de Fisiologia ou Medicina (em sueco: Nobelpriset i fysiologi eller medicin) é uma distinção científica atribuída anualmente pelo Instituto Karolinska e regulado pela Fundação Nobel, distinguindo descobertas notáveis ​​nos campos das ciências da vida, da fisiologia ou da medicina. É um dos cinco prémios Nobel estabelecidos em 1895 pelo químico sueco Alfred Nobel, o inventor da dinamite, no seu testamento. Alfred Nobel estava pessoalmente interessado em fisiologia experimental e quis estabelecer um prémio ao progresso científico através de descobertas efetuadas em laboratório. O Prémio Nobel de Fisiologia ou Medicina é apresentado ao(s) destinatário(s) em conjunto com os restantes prémios Nobel numa cerimónia anual realizada em 10 de dezembro, o aniversário da morte de Nobel, juntamente com um diploma, uma medalha, e um certificado relativo ao prémio monetário. O lado da frente da medalha tem a imagem de perfil de Alfred Nobel.

Até ao ano de 2017 foram concedidos 108 Prémios Nobel de Fisiologia ou Medicina a 202 homens e 12 mulheres. O primeiro foi atribuído em 1901 ao fisiologista alemão Emil von Behring, pelo seu trabalho em terapia de soro e desenvolvimento de uma vacina contra a difteria. A primeira mulher a receber o prémio foi Gerty Cori, que em 1947 viu reconhecido o seu papel na elucidação do metabolismo da glicose, importante em muitos aspetos da medicina, incluindo o tratamento da diabetes.

Alguns prémios foram controversos, como o do português António Egas Moniz em 1949 que distinguiu o seu trabalho na lobotomia, concedido apesar de protestos da comunidade médica. Outras controvérsias resultaram de desentendimentos sobre quem foi incluído no prémio. O prémio de 1952 de Selman Waksman foi litigado no tribunal e metade dos direitos de patente concedidos ao seu co-descobridor Albert Schatz, que não foi reconhecido pelo prémio. O prémio de 1962 concedido a James D. Watson, Francis Crick e Maurice Wilkins pelo seu trabalho em estrutura e propriedades de DNA não reconheceu o trabalho contribuidor de outros, como Oswald Avery e Rosalind Franklin, que morreram no momento da nomeação. Uma vez que as regras do prémio proíbem as nomeações de falecidos, a longevidade é um ativo, sendo um prémio concedido até 50 anos após a descoberta. Também é proibida a concessão do prémio a mais de três destinatários, e como no último meio século tem havido uma tendência crescente para que os cientistas trabalhem em equipas, esta regra resultou em exclusões sempre polémicas.

Prêmio Aronson

O Prêmio Aronson (em alemão: Aronson-Preis) é um prêmio concedido por conquistas em microbiologia e imunologia. Foi estabelecido pelo testamento do pediatra e bacteriologista Hans Aronson, sendo concedido desde 1921. Aronson legou uma grande parte de seu patrimônio para o estabelecimento do prêmio. O prêmio é concedido a cada dois anos, em 8 de março, a data da morte de Aronson.

Em 1969 a fundação que concedia o prêmio foi dissolvida por iniciativa de seu último diretor, Georg Henneberg, e a responsabilidade pelo prêmio e o capital remanescente foi transferida para o governo de Berlim Ocidental, a fim de preservar a existência do prêmio. Desde 1970 o prêmio é concedido pelo Senado de berlim.

O primeiro recipiente foi August von Wassermann. Dentre os recipientes estão os mais tarde laureados com o Nobel de Fisiologia ou Medicina Karl Landsteiner e Gerhard Domagk.

Tu Youyou

Tu Youyou (em chinês: 屠呦呦; Ningbo, 12 de dezembro de 1930) é uma farmacologista e educadora chinesa. Ela descobriu a artemisinina (também conhecida como qinghaosu ) e a diidroartemisinina , usada para tratar a malária , um avanço significativo na medicina tropical do século 20, salvando milhões de vidas no sul da China, sudeste da Ásia, África e América do Sul.

Por seu trabalho, Tu recebeu o Prêmio Lasker em 2011 em medicina clínica e o Prêmio Nobel de 2015 em Fisiologia ou Medicina em conjunto com William C. Campbell e Satoshi Ōmura . Foi a primeira ganhadora do Prêmio Nobel da China em fisiologia ou medicina e a primeira cidadã da República Popular da China a receber um Prêmio Nobel em qualquer categoria.Ela também foi a primeira chinesa a receber o Prêmio Lasker .

Tu Youyou nasceu, estudou e realizou sua pesquisa exclusivamente na China .

Prêmios Nobel

Noutras línguas

This page is based on a Wikipedia article written by authors (here).
Text is available under the CC BY-SA 3.0 license; additional terms may apply.
Images, videos and audio are available under their respective licenses.