Jelena Nikolić

Jelena Nikolić (Belgrado, 23 de abril de 1982) é uma jogadora de voleibol sérvia que atua como ponteira.

Atuando pela então seleção da Sérvia e Montenegro, conquistou a medalha de bronze no Campeonato Mundial de 2006, ao derrotar a Itália por 3 sets a 0, numa campanha que elevou a sua seleção a figurar entre as grandes da modalidade já que não possuía grandes resultados internacionais até então.[1][2] Já competindo com a equipe da Sérvia independente, conquistou três medalhas em Campeonatos Europeus, sendo uma delas de ouro em 2011, além de pódios em Copas do Mundo (prata em 2015) e Grand Prix (bronze em 2011 e 2013). Em 2016, obteve a medalha de prata nos Jogos Olímpicos do Rio após perder para a China na final por 3–1.[3]

A nível de clubes, ganhou os títulos europeu e mundial jogando pelo VakıfBank Istambul, da Turquia, sendo inclusive a melhor pontuadora na edição 2010–11 da Liga dos Campeões.[4][5]

Jelena Nikolić Volleyball (indoor) pictogram.svg
Jelena Nikolić
Informações pessoais
Modalidade Voleibol
Nascimento 13 de abril de 1982 (37 anos)
Belgrado, RS Sérvia, Iugoslávia
Nacionalidade Sérvia sérvia
Compleição Peso: 79 kg Altura: 1,94 m
Medalhas
Competidora da  Sérvia e Montenegro
Campeonato Mundial
Bronze Japão 2006 Equipe
Competidora da  Sérvia
Jogos Olímpicos
Prata Rio 2016 Equipe
Campeonato Europeu
Ouro Sérvia/Itália 2011 Equipe
Prata Bélgica/Luxemburgo 2007 Equipe
Bronze Países Baixos/Bélgica 2015 Equipe
Copa do Mundo
Prata Japão 2015 Equipe
Grand Prix
Bronze Macau 2011 Equipe
Bronze Sapporo 2013 Equipe
Jogos Europeus
Bronze Baku 2015 Equipe

Referências

  1. «Serbia: A volleyball heavyweight set sights on medals at World Championships» (em inglês). FIVB. 13 de janeiro de 2013. Consultado em 26 de abril de 2017
  2. «Velocidade da Sérvia preocupa Brasil na semifinal». Estadão. 13 de novembro de 2006. Consultado em 26 de abril de 2017
  3. «CHINA CROWNED CHAMPIONS IN RIO DE JANEIRO» (em inglês). FIVB. 21 de agosto de 2016. Consultado em 26 de abril de 2017
  4. «Istanbul fly to first Women's Club World Champs title» (em inglês). FIVB. 13 de outubro de 2013. Consultado em 27 de abril de 2017
  5. «VakifGunesTTelekom completes Turkish fairy tale in Istanbul» (em inglês). CEV. 20 de março de 2011. Consultado em 27 de abril de 2017

Ligações externas

Olympic pictogram Volleyball.png Este artigo sobre um(a) voleibolista, integrado ao Projeto Desporto, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Campeonato Europeu de Voleibol Feminino de 2007

O Campeonato Europeu de Voleibol Feminino de 2007 foi a 25ª edição do evento que ocorre a cada dois anos. O evento é realizado pela Confederação Europeia de Voleibol. O torneio aconteceu entre 20 e 30 de setembro de 2007 nas cidades de Charleroi e Hasselt na Bélgica e de Luxemburgo em Luxemburgo.

Campeonato Europeu de Voleibol Feminino de 2011

O Campeonato Europeu de Voleibol Feminino de 2011 foi a 27ª edição do torneio bianual que reúne as principais equipes de voleibol feminino da Europa. Ocorreu na Itália e na Sérvia de 23 de setembro a 2 de outubro de 2011.

Campeonato Mundial de Clubes de Voleibol Feminino de 2011

O Campeonato Mundial de Clubes de Voleibol Feminino de 2011 foi a quinta edição do evento. Foi realizado em Doha, Qatar entre 8 a 14 de outubro com seis times.

Campeonato Mundial de Voleibol Feminino de 2006

O Campeonato Mundial de Voleibol Feminino de 2006, ou XVI Campeonato Mundial de Voleibol, foi disputado entre 31 de outubro e 16 de novembro. Como na edição de 1998, o torneio masculino também foi sediado no Japão na semana seguinte ao término da edição feminina.

A seleção da Rússia sagrou-se campeã ao derrotar a equipe do Brasil na final por 3 sets a 2.

Copa do Mundo de Voleibol Feminino de 2015

A Copa do Mundo de Voleibol Feminino de 2015 foi a 12ª edição do torneio organizado pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB) a cada quatro anos. Foi realizada em seis cidades japonesas e classificou as duas melhores equipes aos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.Doze anos após sua última conquista, a China voltou a vencer o torneio totalizando o quarto título no geral. Vice-campeã, a Sérvia garantiu o pódio pela primeira vez e completou a relação de classificados as Olimpíadas de 2016.

Grand Prix de Voleibol de 2011

O Grand Prix de Voleibol de 2011 foi a 19ª edição do torneio anual de voleibol feminino organizado pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB).

Disputada pela primeira vez por dezesseis seleções em duas fases, foi realizado entre os dias 5 e 28 de agosto. A fase final foi realizada no Domo dos Jogos da Ásia Oriental em Macau, com as sete equipes melhores classificadas na fase preliminar mais o país-sede.Pela segunda edição consecutiva, o torneio foi conquistado pelos Estados Unidos (quatro títulos no total) ao vencer o Brasil na final por 3 sets a 0.

Grand Prix de Voleibol de 2013

O Grand Prix de Voleibol de 2013 foi a 21ª edição do torneio anual de voleibol feminino organizado pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB).

Pela primeira vez foi disputado por vinte seleções, mantendo o formato de disputa em duas fases. A primeira foi realizada entre 2 e 18 de agosto. A fase final realizou-se em Sapporo, no Japão, entre 28 de agosto e 1 de setembro com as cinco equipes melhores classificadas na fase preliminar mais o país-sede. A competição foi expandida de 16 para 20 seleções devido a uma decisão da FIVB de convidar os quatro melhores times europeus não classificados para o torneio por não ter sido realizada a qualificatória europeia.Após três títulos consecutivos dos Estados Unidos, a Seleção Brasileira voltou a conquistar o título após vencer todos os jogos da fase final sem perder nenhum set.

Liga Europeia de Voleibol Feminino

A Liga Europeia de Voleibol Feminino é um torneio anual realizado pela CEV desde 2009, reunindo nações de todo o continente europeu. Atualmente, é utilizada para manter em atividade as seleções europeias que não participam da VNL, classificando os dois melhores colocados à Challenger Cup. Desde 2018, divide-se em duas divisões, Ouro e Prata, com rebaixamento e promoção.

Medalhistas olímpicos do voleibol

O voleibol é um dos esportes que é disputado nos Jogos Olímpicos de Verão em duas disciplinas: o tradicional indoor e o mais recente de praia. O vôlei de quadra foi adicionado ao programa olímpico em 1957 na 53ª sessão do Comitê Olímpico Internacional (COI) em Sófia, Bulgária, e as primeiras competições foram realizadas nos jogos de 1964 em Tóquio. A União Soviética conquistou medalhas nas cinco primeiras edições olímpicas em que o voleibol esteve presente, tanto no masculino como no feminino, incluindo a medalha de ouro no torneio masculino em Tóquio. A seleção japonesa feminina venceu a competição olímpica inaugural e ficou com a prata nas duas edições seguintes. Durante os jogos de Montreal em 1976, a seleção polonesa masculina ganhou a única medalha de ouro do país no esporte, após a equipe feminina terminar com o bronze em 1964 e 1968. Na Olimpíada de Moscou em 1980, os anfitriões venceram as duas disputas pelo ouro. Os times búlgaros conseguiram as únicas medalhas da nação no voleibol em Moscou, uma prata e um bronze nos torneios masculino e feminino, respectivamente.

Após o boicote liderado pelos Estados Unidos aos jogos de Moscou, a União Soviética e alguns de seus aliados responderam boicotando a Olimpíada de Los Angeles, alegando preocupações com a segurança. Os Estados Unidos ganharam as suas primeiras medalhas no vôlei nos jogos de Los Angeles: uma de ouro na competição masculina e uma de prata na feminina. A China conquistou a medalha de ouro no campeonato feminino em Los Angeles, em sua primeira participação no torneio olímpico de voleibol. Os Estados Unidos defenderam com êxito o título na disputa masculina nos jogos de 1988 em Seul, e o Peru ganhou a sua única medalha no vôlei, uma de prata na competição feminina. A União Soviética conquistou uma medalha de prata no torneio masculino e uma de ouro no feminino naquela que seria a sua última Olimpíada. Sucedendo ao rompimento da União Soviética em 1990-91, 12 dos 15 países recém-independentes competiram juntos como Equipe Unificada em Barcelona. No campeonato feminino, a Equipe Unificada ficou com a prata, e Cuba venceu o primeiro de três títulos consecutivos. Na disputa masculina, o Brasil ganhou a sua primeira medalha de ouro, e os Países Baixos a sua primeira medalha na modalidade.

Atlanta presenciou a seleção neerlandesa masculina melhorar o resultado obtido em Barcelona, finalizando o campeonato com a medalha de ouro. Na Olimpíada de Sydney, a Rússia levou para casa as suas primeiras medalhas no vôlei como um país independente com a prata em ambos campeonatos. Nos jogos de Atenas, a seleção brasileira masculina e a seleção chinesa feminina ganharam as segundas medalhas de ouro em seus respectivos campeonatos. Em Pequim, a seleção americana masculina venceu todas as partidas até conquistar o terceiro título e a seleção brasileira feminina ganhou a medalha de ouro perdendo apenas um set em toda a competição. Na Olimpíada de Londres, o Brasil manteve a posição conquistada quatro anos antes no torneio feminino enquanto a Rússia conseguiu a primeira medalha de ouro na modalidade, no torneio masculino. Nos jogos do Rio de Janeiro, a seleção brasileira masculina conquistou a sua terceira medalha de ouro em sua quarta final seguida. Na competição feminina, a China ganhou o seu terceiro título ao passo que a Sérvia conseguiu a sua primeira medalha após a desintegração da Iugoslávia.

Os soviéticos ganharam doze medalhas na competição de quadra e as equipes brasileiras conquistaram treze medalhas no campeonato de praia, devidamente, a maior quantidade em cada disciplina. Os times brasileiros, no entanto, com dez medalhas no torneio indoor lideram a contagem total de medalhas com um total de vinte e três medalhas em eventos de voleibol nos Jogos Olímpicos. Cinco atletas ganharam, cada um, quatro medalhas no voleibol. A cubana Ana Fernández possui três de ouro e uma de bronze, a soviética Inna Ryskal e o brasileiro Sérgio Santos têm duas de ouro e duas de prata, o russo Sergey Tetyukhin conquistou uma de ouro, uma de prata e duas de bronze, e o italiano Samuele Papi ganhou duas de prata e duas de bronze. Oito atletas conseguiram três medalhas de ouro. Sete, incluindo Fernández, eram membros da equipe cubana feminina que venceu o torneio olímpico sucessivamente em 1992, 1996 e 2000. O outro é Karch Kiraly, que foi campeão com a seleção americana masculina em 1984 e 1988, e no voleibol de praia em 1996. Kiraly é o único jogador de ambos os sexos a conquistar medalhas tanto no vôlei indoor como no de praia.

Sérvia nos Jogos Olímpicos de Verão de 2008

A Sérvia participou dos Jogos Olímpicos de Verão de 2008, em Pequim, na China. O país estreou nos Jogos em 1912 e esta foi sua 2ª apresentação. Atletas sérvios também integraram as delegações da Iugoslávia (entre 1920 e 1988 e entre 1996 e 2002), Atletas Olímpicos Independentes (1992) e da Sérvia e Montenegro (em 2004 e 2006).

Voleibol na Universíada de Verão de 2009

O voleibol na Universíada de Verão de 2009 foi disputado em quatro sedes (e cinco locais de treinamento) entre 2 e 11 de julho de 2009.

Nesse torneio, a Federação Internacional do Esporte Universitário (FISU), com o apoio da Federação Internacional de Voleibol (FIVB), testou e avaliou algumas novas regras para a modalidade em outros torneios.

O presidente da comissão de regras da FIVB, Sandy Steel, propôs a nova regra "quatro jogadores em uma posição" que foi testada durante a torneio feminino e masculino. Essa regra permitiu quatro jogadores na mesma posição durante um set — atualmente só são permitidos dois jogadores. A proposta também aumenta o número de substitutos de seis para doze jogadores.

Voleibol nos Jogos Europeus de 2015

As competições de voleibol nos Jogos Europeus de 2015 foram disputadas na Baku Crystal Hall, em Baku entre 13 e 28 de junho. Foram disputadas duas modalidades.

Voleibol nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016

As competições de voleibol nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016 ocorreram entre 6 e 21 de agosto de 2016. O local de disputa foi o Maracanãzinho, no Rio de Janeiro.

Pela primeira vez um torneio olímpico de voleibol contou com a tecnologia do sistema de challenge (desafio), que é usado quando um time contesta a decisão do árbitro. Foram instaladas cerca de 10 câmeras em quadra e na rede para tirar dúvidas da arbitragem e também do público.

Voleibol nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016 - Feminino

O torneio feminino de voleibol nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016 foi realizado no Ginásio do Maracanãzinho, Rio de Janeiro, Brasil, entre 6 e 20 de agosto de 2016. Foi a 14ª edição do torneio, organizado pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB) em conjunto com o Comitê Olímpico Internacional (COI).

Volley Bergamo

Volley Bergamo é um clube de voleibol feminino italiano, com sede na cidade de Bergamo.

Noutras línguas

This page is based on a Wikipedia article written by authors (here).
Text is available under the CC BY-SA 3.0 license; additional terms may apply.
Images, videos and audio are available under their respective licenses.