Ferrari

Ferrari é uma fabricante italiana de carros esportivos de luxo com sede em Maranello. Fundada por Enzo Ferrari em 1939 na divisão de corridas da Alfa Romeo com o nome Auto Avio Costruzioni, a empresa construiu seu primeiro carro em 1940. No entanto, o início da empresa como fabricante de automóveis é geralmente reconhecido em 1947, quando o primeiro carro com o nome Ferrari foi concluído.

Em 2014, a Ferrari foi classificada como a marca mais poderosa do mundo pela consultoria Brand Finance.[2] Em junho de 2018, o 250 GTO de 1964 tornou-se o carro mais caro da história, estabelecendo um recorde de venda de 70 milhões de dólares.[3][4]

O Grupo Fiat adquiriu 50% da Ferrari em 1969 e expandiu sua participação para 90% em 1988.[5] Em outubro de 2014, a Fiat Chrysler Automobiles (FCA) anunciou suas intenções de separar a Ferrari S.p.A. da FCA; no momento do anúncio, a FCA detinha 90% da Ferrari.[6][7][8] A separação começou em outubro de 2015 com uma reestruturação que estabeleceu a Ferrari NV (uma empresa constituída nos Países Baixos) como a nova holding do Grupo Ferrari e a subseqüente venda pela FCA de 10% das ações em uma oferta pública inicial e listagem simultânea de ações ordinárias na Bolsa de Nova York.[9] Através das etapas restantes da separação, o interesse da FCA nos negócios da Ferrari foi distribuído aos acionistas da FCA, com 10% continuando a ser propriedade de Piero Ferrari.[10] O spin-off foi concluído em 3 de janeiro de 2016.[9]

Ao longo da sua história, a empresa tem se destacado por sua participação contínua em corridas, especialmente na Fórmula 1, onde é a equipe de corrida mais antiga e mais bem sucedida, detendo o maior número de vitórias (15).[11] Os carros de estrada da Ferrari são geralmente vistos como um símbolo de velocidade, luxo e riqueza.[12]

Ferrari
Ferrari
Ferrari
Sede da Ferrari em Maranello.
Empresa de capital aberto
Cotação NYSE: RACE
BIT: RACE
Atividade Automotiva
Fundação Originalmente em 13 de setembro de 1939 (79 anos)
Oficialmente em 1947 (72 anos)
Fundador(es) Enzo Ferrari
Sede Amsterdã, Países Baixos (de jure)
Maranello, Emilia-Romagna, Itália (de facto)
Proprietário(s) Exor (32,75%)
Piero Ferrari (10,0%)[1]
Presidente John Elkann (Chairman)
Pessoas-chave Piero Ferrari (Vice Chairman)

Louis Camilleri (CEO)

Empregados 3.115 (em 2016)[1]
Produtos Automóveis
Lucro Aumento €$ 399,0 milhões (2016)[1]
LAJIR Aumento €$ 595,0 milhões (2016)[1]
Faturamento Aumento €$ 3,105 bilhões (2016)[1]
Website oficial www.ferrari.com

Historia

Enzo Ferrari - Wheel of a racing car
Enzo Ferrari na década de 1920.

O famoso símbolo é um cavalo negro que tinha quatro patas apoiada no chão e agora tem duas, empinado num fundo amarelo, sempre com as letras S F de Scuderia Ferrari. O cavalo era originalmente o símbolo do Conde Francesco Baracca, um lendário "asso" (ás) da força aérea italiana durante a Primeira Guerra Mundial, que o pintou na lateral de seus aviões. Baracca morreu muito jovem em 19 de Junho de 1918, abatido após 34 duelos vitoriosos e muitas vitórias em grupo, tornando-se assim um herói nacional.Baracca queria o cavalo empinado nos seus aviões porque a sua esquadra, os "Battaglione Aviatori", fora inscrita num regimento da Cavalaria (as forças aéreas estavam nos seus primeiros anos e não tinham administração separada), e também porque ele mesmo tinha a reputação de melhor cavaliere (cavaleiro) de sua equipe.[13]

Em 15 de junho de 1923, Enzo Ferrari ganhou uma corrida no circuito de Silvio em Ravena onde conheceu a Condessa Palina, mãe de Baracca. A Condessa pediu que ele usasse o desenho de um cavalo nos seus carros, sugerindo que isso lhe daria boa sorte, mas a primeira corrida na qual a Alfa Romeo permitiu o uso do cavalo nos carros da Scuderia foi onze anos depois, nas 24 Horas de Spa em [1932. A Ferrari ganhou. Ferrari deixou o cavalo negro como havia sido feito no avião de Baracca; contudo, ele adicionou um fundo amarelo porque era a cor símbolo de sua terra natal, Modena.[13]

Ferrari 125 S fl
Réplica de um Ferrari 125 S.

Uma das imagens de marca da Ferrari é a sua cor "rosso corsa" (vermelho de corrida). A utilização dessa cor teve início nos anos 1920, altura em que a entidade que viria a ser chamada de FIA, impunha que as marcas italianas teriam de apresentar cor vermelha, as francesas azul, as alemãs prateada, as holandesas laranja, as belgas amarela, as inglesas verde e as norte-americanas branca.

O cavalo empinado não foi sempre identificado como marca apenas da Ferrari: Fabio Taglioni usou-o nas suas motocicletas Ducati. O pai de Tagliani foi, de fato, um companheiro de Baracca e lutou com ele no 81º Esquadrão Aéreo, mas ao passo que a fama da Ferrari cresceu, Ducati abandonou o cavalo; esse pode ter sido o resultado de um acordo privativo entre as duas marcas.

Em 1940 a Alfa Romeo é absorvida pelo governo de Mussolini e utilizada como porta-estandarte do seu governo. Por esta altura a Scuderia Ferrari, impedida de ingressar em competições automotivas, passa a construir acessórios para aviões e peças para máquinas. Com o final da Segunda Guerra Mundial e queda do regime de Mussolini, é fundada a marca Ferrari, com o lançamento do seu primeiro modelo de estrada em 1947. O modelo lançado nesse ano foi a Ferrari 125 Sport com um motor V12 de 1500 cc.

Em 1951 a Ferrari consegue a sua primeira vitória na Fórmula 1 e, em 1955, Juan Manuel Fangio ganha o campeonato mundial ao volante de uma Ferrari. Esse foi também um ano triste para Enzo Ferrari com a morte do seu filho Dino. Em 1961 os tempos começaram a ficar difíceis para a Ferrari, depois de conflitos internos que levaram à saída de vários membros da direção. A Ferrari, mesmo assim, conseguiu alcançar um grande número de vitórias em competição e elevar o seu nome. Na década de 1960 a Ford tentou comprar a Ferrari, tendo em vista as competições automotivas. Mas essa tentativa falhou e a Ford criou o Ford GT40 que conseguiu acabar com o domínio da Ferrari nas 24h de Le Mans, que vigorou desde 1942 até 1960. Como resultado dos problemas financeiros que a Ferrari estava atravessando, a FIAT adquiriu parte da Ferrari em 1942 aumentando-a para 15% em 1960.

Para comemorar os 40 anos de existência da Ferrari, é lançado em 1987 a Ferrari F40, sendo esse o carro de estrada mais rápido do mundo até a altura. Em 1988 Enzo Ferrari morre com a idade de 91 anos e nesse mesmo ano a FIAT aumenta o seu controle para 90%. Em 1997 a Ferrari adquire 15% da Maserati à FIAT, passando a ter total controle da marca em 1999. A Ferrari utilizou a Maserati como a sua divisão de luxo até 2005, altura em que o controle regressaria à FIAT. A Ferrari continuou a alcançar grandes feitos na competição automotiva, conseguindo vencer a Fórmula 1, na categoria de construtores, de 1999 até 2002 com os pilotos Michael Schumacher e Rubens Barrichello. Em 2002 a Ferrari, em memória do seu fundador, lança a Ferrari Enzo: um super esportivo baseado na tecnologia utilizada na Fórmula 1.

Ver também

Referências

  1. a b c d e Ernst & Young Accountants LLP (25 de Fevereiro de 2016). «Ferrari N.V. 2016 ANNUAL REPORT» (PDF). Site da Ferrari. Consultado em 10 de Janeiro de 2016
  2. Haigh, Robert (18 de fevereiro de 2014). «Ferrari – The World's Most Powerful Brand». Brand Finance. Consultado em 9 de fevereiro de 2015
  3. Strohl, Daniel (5 de junho de 2018). «Ferrari 250 GTO sells for $70 million, becomes world's most expensive car». Hemmings Motor News. Consultado em 28 de agosto de 2018
  4. «Ferrari GTO Becomes Most Expensive Car at $35 Million». bloomberg.com. Consultado em 3 de junho de 2012
  5. «Fiat Raises Stake In Ferrari to 90%». The New York Times Company. 8 de setembro de 1988. Consultado em 10 de abril de 2014
  6. «Fiat 2013 Annual Report» (PDF). Fiat S.p.A. Consultado em 13 de agosto de 2014
  7. «FCA Announces Board Intention to Spin Off Ferrari S.p.A» (PDF). Fiat S.p.A. Consultado em 28 de outubro de 2014
  8. Sylvers, Eric (3 de março de 2015). «Fiat Chrysler May Sell More of Ferrari in IPO Sale». The Wall Street Journal. Consultado em 31 de maio de 2015
  9. a b «Questions and answers regarding the Ferrari spin-off». Ferrari. Consultado em 7 de janeiro de 2016
  10. Visnic, Bill (23 de julho de 2015). «Wall Street, Buckle Up! Ferrari Officially Files For IPO». The Wall Street Journal. Consultado em 24 de julho de 2015
  11. «Ferrari». www.wise-motorist.com. Arquivado do original em 8 de agosto de 2016
  12. «Luxury supercars». theaustralian.com.au. Consultado em 31 de maio de 2016
  13. a b «History of Enzo Ferrari». auto.ferrari.com. Consultado em 31 de maio de 2016

Ligações externas

Alberto Ascari

Alberto Antonio Ascari, mais conhecido como Alberto Ascari (Milão, 13 de julho de 1918 — Monza, 26 de maio de 1955) foi um piloto de Fórmula 1 e uma das primeiras estrelas da Ferrari.

Autódromo Enzo e Dino Ferrari

O Autódromo Internacional Enzo e Dino Ferrari é um circuito próximo à cidade italiana de Ímola, 40 km a leste de Bolonha e 80 km a leste da fábrica da Ferrari, em Maranello.

Este Autódromo recebeu etapas Fórmula 1 continuadamente, entre as temporadas de 1980 até 2006. Em 1980 sediou como Grande Prêmio da Itália e nos demais anos como sede do Grande Prêmio de San Marino.

O circuito deve o nome a Enzo Ferrari o lendário fundador da marca Ferrari e a seu filho Alfredino Ferrari, mais conhecido por Dino, que morreu em 1956 por doença (distrofia muscular) filho este que veio a dar nome a um dos famosos modelos da marca, o Ferrari Dino.

Circuito de Silverstone

O Circuito de Silverstone é uma pista de corrida de automóveis localizada na região das East Midlands, Inglaterra. O terreno do circuito está situado entre duas pequenas vilas: Silverstone, que lhe dá o nome, e Whittlebury.

Na atualidade, abriga anualmente o Grande Prêmio da Grã-Bretanha de Fórmula 1 e de Moto GP.

Felipe Massa

Felipe Massa (São Paulo, 25 de abril de 1981) é um automobilista brasileiro que compete atualmente na Fórmula E com a equipe Venturi. Ele foi vice-campeão mundial de Fórmula 1 em 2008 pela Ferrari.

Fernando Alonso

Fernando Alonso Díaz (Oviedo, 29 de julho de 1981) é um automobilista espanhol, bicampeão mundial de Fórmula 1 em 2005 e 2006 pela Renault, além de vice-campeão em 2010, 2012 e 2013 pela Ferrari, também vencedor de duas icônicas provas de endurance, as 24 Horas de Le Mans de 2018 e as 24 Horas de Daytona de 2019.

Ferrari (futebolista)

Gilberto José Ferrari (Campinas, 9 de janeiro de 1937 - Campinas, 15 de julho de 2016), conhecido como Ferrari, é um ex-futebolista brasileiro, que fez parte da primeira "Academia" da Sociedade Esportiva Palmeiras. Conquistou diversos títulos pela equipe alviverde e é considerado um dos laterais-esquerdos mais regulares da história do clube paulistano, com 293 jogos disputados entre 1963 e 1969. Também jogou no Guarani, no Comercial de Ribeirão Preto e no Paulista de Jundiaí, onde encerrou a carreira.

Ferrari 312T

O 312T, 312T2, 312T2B, 312T3, 312T4 e 312T5 é o modelo da Ferrari das temporadas de 1975 a 1980 da Fórmula 1. Condutores: Clay Regazzoni, Niki Lauda, Carlos Reutemann, Jody Scheckter e Gilles Villeneuve.

Fórmula 1

Fórmula 1 (também F1; em inglês: Formula One) é a mais popular modalidade de automobilismo do mundo. É a categoria mais avançada do esporte a motor e é regulamentada pela Federação Internacional de Automobilismo. Desde 2014 são usados motores elétricos com duas baterias internas e seis cilindros em "V", com indução forçada por turbocompressor e auxilio dos sistemas MGU-K e MGU-H (Elétricos).

Ao contrário do que muitos acreditam, o registro oficial da categoria consta como Fórmula Um (Campeonato Mundial de Fórmula Um), com o numeral escrito por extenso, mas também se aceita o uso do 1 e do I em (romano).

Em Setembro de 2016, a categoria foi adquirida pelo grupo norte-americano Liberty Media Corporation em um acordo avaliado em US$ 8 bilhões, entre investimentos e assunção de dívidas, realizado em duas etapas: a compra da holding Delta Topco e a aquisição de ações da CVC Capital Partners.

Jean Alesi

Jean Alesi, nascido Giovanni Alesi (Avinhão, 11 de junho de 1964), é um piloto francês. Começou a sua carreira com uma paixão pelos rallies, deu entrada nos monolugares ao volante de um carro do campeonato Frances de Renault 5. Em 1988 ganhou o campeonato francês de Formula 3.

Teve na sua carreira na Formula 1 passagens pelas equipas Tyrrell, Benetton, Sauber, Jordan e principalmente na Ferrari onde foi muito popular entre os Tifosi.

Correu na Fórmula Um, onde obteve uma vitória.

Kimi Räikkönen

Kimi-Matias Räikkönen (Espoo, 17 de outubro de 1979) é um automobilista finlandês que atua na Fórmula 1, sendo campeão mundial na temporada de 2007. Além disso , possui dois vice-campeonatos em 2003 e 2005. Atualmente corre pela Alfa Romeo Racing.É considerado o melhor piloto da história da Finlândia por muitos entusiastas do esporte.

Räikkönen entrou na Fórmula 1 como piloto regular para a equipe Sauber-Petronas em 2001. Tendo apenas em categorias bem iniciantes de monopostos, recebeu sua superlicença da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) após uma promessa de entrega de desempenho feita pelo seu chefe, Peter Sauber. Mudou para a McLaren Mercedes em 2002, e se tornou competitivo ao título ao terminar as temporadas de 2003 e 2005 como vice-campeão, atrás de Michael Schumacher e Fernando Alonso, respectivamente. As temporadas de Räikkönen de 2003 e 2005 foram marcadas por várias falhas de consistência das suas McLaren.

Räikkönen mudou para a Ferrari em 2007, se tornando o piloto mais bem pago da história do automobilismo com um salário estimado em US$51 milhões por ano. Sua mudança para a Ferrari seguiu com a conquista do seu primeiro Campeonato Mundial de Fórmula 1, vencendo os pilotos da McLaren Lewis Hamilton e Fernando Alonso por um ponto, e também se tornando um dos pouquíssimos pilotos a vencer uma primeira temporada na Ferrari. Em 2008, ele igualou o recorde de voltas mais rápidas em uma temporada pela segunda vez. Depois de mais um ano no esporte, deixou a Fórmula 1 para dirigir um Citroën C4 WRC na equipe Citroën Junior Team no Campeonato Mundial de Rally de 2010. Juntamente com o Rally, Räikkönen colocou sua atenção na NASCAR e fez sua estreia pela equipe Kyle Busch Motorsports no Camping World Truck Series.

Em 2008, Räikkönen foi um dos dois pilotos de Fórmula 1 a aparecerem na lista das 100 celebridades da revista Forbes, sendo Fernando Alonso o outro piloto. Foi 36º na lista de 2008 e 41º no ano anterior. Na mesma lista, em 2008, foi listado como a 26ª celebridade mais bem paga e o 5º esportista mais bem pago, atrás de Tiger Woods, David Beckham, Michael Jordan e Phil Mickelson. Em 2009, Räikkönen foi listado como o 2º esportista mais bem pago do mundo, atrás apenas de Woods. Räikkönen assinou um contrato de dois anos com a equipe Lotus, iniciado na temporada de 2012.

Michael Schumacher

Michael Schumacher (Pronuncia Alemã: ? ˈmɪçaʔeːl ˈʃuːmaχɐ; ) (Hürth-Hermülheim, 3 de Janeiro de 1969) é um ex-automobilista alemão, sete vezes campeão da principal categoria do automobilismo, detém inúmeros recordes, incluindo voltas mais rápidas, maior número de campeonatos, vitórias, pontos marcados e mais corridas ganhas em uma única temporada - 2004. Em 2002 ele se tornou o único piloto na história da F1 a terminar entre os três primeiros em todas as corridas em um mesmo campeonato. Considerado por muitos como o maior piloto de Fórmula 1 de todos os tempos, estatisticamente Michael Schumacher ocupa lugar especial ao lado de lendas como Juan Manuel Fangio, Jim Clark, Jackie Stewart, Alain Prost, Nelson Piquet, Ayrton Senna, Niki Lauda e Lewis Hamilton.

Após três temporadas afastado da categoria que o consagrou, Schumacher retornou defendendo a Mercedes na temporada de 2010.Fora das pistas, Schumacher foi embaixador da UNESCO e orador para a segurança do motorista. Ele esteve envolvido em inúmeros esforços humanitários ao longo de sua vida e doou dezenas de milhões de dólares para a caridade. Michael e seu irmão Ralf Schumacher, são os únicos irmãos a vencer corridas na Fórmula 1, e eles foram os primeiros irmãos 1° e 2° lugar na mesma corrida, em Montreal em 2001 e novamente em 2003.

Niki Lauda

Andreas Nikolaus Lauda (Viena, 22 de fevereiro de 1949 — Zurique, 20 de maio de 2019), mais conhecido como Niki Lauda, foi um automobilista e piloto austríaco. Era proprietário da companhia aérea Nikie diretor da equipe Mercedes GP de Fórmula 1 ligada à fábrica Mercedes Benz.

Participou do Campeonato Mundial de Fórmula 1 entre 1971 e 1979 e de 1982 a 1985, disputando 177 Grandes Prêmios, obtendo 25 vitórias, 24 pole positions e 24 melhores voltas, totalizando 419,5 pontos. Sagrou-se tricampeão mundial em 1975, 1977 e 1984, e é o único piloto até hoje a ser campeão tanto pela Ferrari quanto pela McLaren. Pilotou para as equipes: March, BRM, Ferrari, Brabham e McLaren.

Nürburgring

Nürburgring é um autódromo na cidade de Nürburg, próximo de Colônia e de Frankfurt-am-Main, na Alemanha.

Foi a sede anual do Grande Prêmio da Europa de Fórmula 1 até 2007. Foi inaugurado em 1927 e o traçado original da pista tinha aproximadamente 28 km, posteriormente foi criado um novo traçado de 22 km de extensão e era utilizado pela Fórmula 1 na década de 1960. Atualmente é utilizado outro traçado de 5,148 km, porém o traçado de 22 km ainda permanece, servindo apenas para os conhecidos "Track days", um dia em que as pessoas podem ir ao autodrómo e acelerar a vontade com seus carros, e para corridas de longa duração.

Durante os últimos 80 anos, todos os tipos de eventos tiveram Nürburgring como palco, de corridas locais de menor expressão até corridas do automobilismo top mundial. Antes da Segunda Guerra Mundial, as primeiras corridas de Grandes Prêmios de motos e de automóveis na Alemanha foram realizadas ali. E durante o período pós-guerra, a pista recebeu corridas de F1 e do mundial de motos, bem como corridas de endurance, como as famosas 1000 km de Nürburgring e os seus maravilhosos protótipos.

O anel norte (Nordschleife), também é conhecido como "inferno verde". Pois ele é o segundo circuito com o maior número de acidentes fatais (atrás apenas de Indianapolis), além de ter um traçado arriscado e extenso, levando um tempo maior para o socorrimento do piloto, a pista é cercada por uma floresta.

Phil Hill

Philip Toll Hill Jr., (Miami, 20 de abril de 1927 – Salinas, 28 de agosto de 2008) foi um piloto automobilístico norte-americano, campeão mundial de Fórmula 1 em 1961. Foi o primeiro americano de nascimento que ganhou um campeonato de Fórmula 1, alcançado em 1961. Ele também foi o quarto em 1959, quinto em 1960 e sexto em 1962, sempre como um piloto Scuderia Ferrari, obtendo um total de três vitórias e 16 pódios.Além disso, Hill venceu três vezes na 24 Horas de Le Mans de 1958, 1961 e 1962, três na 12 Horas de Sebring 1958, 1959 e 1961, e duas no 1000 km Nürburgring de 1962 e 1966, entre outras realizações no Campeonato Mundial de Resistência, em sua maioria, também com a Ferrari.

Red Bull Racing

Red Bull Racing, popularmente conhecida como Red Bull ou pela sua abreviação RBR e atualmente competindo como Aston Martin Red Bull Racing, é uma equipe de automobilismo que compete no campeonato da Fórmula 1. É de propriedade da indústria de bebidas austríaca Red Bull, que comprou no final de 2004 a equipe Jaguar Racing.

Na temporada de 2006, conseguiu o seu primeiro pódio com o terceiro lugar de David Coulthard no GP de Mônaco, e três anos depois, no GP da China de 2009, sua primeira pole position e vitória com Sebastian Vettel. Entre 2010 e 2013, a Red Bull dominou a Fórmula 1, com quatro títulos de construtores enquanto Vettel conquistava o tetracampeonato.

Scuderia Ferrari

Scuderia Ferrari é uma equipe de automobilismo da montadora italiana Ferrari que compete no campeonato da Fórmula 1. É a equipe mais antiga em atividade na categoria.

Sebastian Vettel

Sebastian Vettel (Heppenheim, 3 de julho de 1987) é um automobilista alemão que atua na Fórmula 1 pela equipe Ferrari e possui 4 títulos mundiais consecutivos nas temporadas 2010, 2011, 2012 e 2013. Também foi vice-campeão por 3 vezes, em 2009, 2017 e 2018.

Em 2010, tornou-se o mais jovem campeão da história da Fórmula 1, correndo pela escuderia Red Bull, equipe campeã de construtores também na mesma temporada. No ano de 2011, conquistou o terceiro lugar no Grande Prêmio do Japão, o que foi suficiente para que se tornasse, aos 24 anos e 87 dias de idade, o mais jovem bicampeão da história da Fórmula 1. Em 25 de novembro de 2012, tornou-se o mais jovem tricampeão mundial da Fórmula 1 e, em 27 de outubro de 2013, tornou-se o mais jovem tetracampeão mundial da Fórmula 1, aos 26 anos de idade.

Temporada de Fórmula 1 de 1953

A Temporada de Fórmula 1 de 1953 foi a quarta realizada pela FIA. Teve como campeão o italiano Alberto Ascari, da equipe Ferrari.

Nesta temporada ainda não era disputado o campeonato de construtores.

Ferrari de 1947 a 1968 - Depois »
Grupo Fiat: Abarth • Alfa Romeo • Autobianchi • Ferrari • Innocenti • Iveco • Lancia • Maserati • CNH Global
Tipo 1940s 1950s 1960s
7 8 9 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 1 2 3 4 5 6 7 8
Esportivos 125
S
166
S
195
S
212
Exp
225
S
250
MM
250
Monza
250 GT
Tour de France
250 GT
SWB
250 GTO
159
S
250
S
250
Export
GT 166
Inter
195
Inter
212
Inter
250
Europa
250 GT
Europa
250 GT
Boano
250 GT
Ellena
250 GT
Coupe
/Spider
250 GT
Lusso
275 GTB 275 GTB/4
2+2 250 GT
2+2/GTE
330 GT 365 GT
America 340
America
375
America
/MM
410
Superamerica
400
Superamerica
500
Superfast
365
California
Ferrari World • Categoria:Ferrari

Noutras línguas

This page is based on a Wikipedia article written by authors (here).
Text is available under the CC BY-SA 3.0 license; additional terms may apply.
Images, videos and audio are available under their respective licenses.