Evangelização

Evangelização ou evangelismo consiste na pregação do Evangelho cristão (a mensagem da salvação em Jesus de Nazaré segundo a fé cristã), constituindo-se assim num ato proselitista realizado visando à aquisição de adeptos à religião cristã, a uma denominação ou igreja. Posteriormente, a palavra também veio a ser usada para significar algum ato proselitista que vise a produzir conversão ou mudanças de hábitos, crenças e valores não necessariamente cristãos.

A palavra "evangelista" provém da palavra εὐάγγελος ("eu-angelos"), do grego koiné, que significa "boas novas" ou "boas notícias" e que também serve de base para o nome dos quatro primeiros livros do Novo Testamento bíblico chamados "Evangelhos". Por essa causa, os autores destes quatro livros são denominados evangelistas - Mateus, Marcos, Lucas e João. Ainda que seja provável que o termo tenha ganho seu extenso uso devido aos Evangelhos e seus autores, considera-se, contudo, que a evangelização no âmbito do cristianismo tenha se iniciado com o ministério de Jesus Cristo, que, fazendo discípulos e instruindo-os segundo a sua doutrina, os preparou para espalhar a sua mensagem religiosa, tendo ele mesmo pregado essa mensagem durante o seu tempo de ministério, segundo prega a fé cristã.[1][2][3][4][5]

Referências

  1. Dicionário Priberam, verbete Evangelho.
  2. Dicionário Priberam, verbete evangelizar
  3. Matos, Alderi Souza de. A imigração e a evangelização na história missionária
  4. Antropologia, religiões e valores cristãos Rampazzo, Lino
  5. Andrade, Claudionor. O Desafio da Evangelização.

Ver também

Ação pastoral católica

Ação pastoral católica ou simplesmente pastoral é a ação da Igreja Católica no mundo ou o conjunto de atividades pelas quais a Igreja realiza a sua missão, que consiste primariamente em continuar a ação de Jesus Cristo.A palavra "pastoral" deriva de pastor, que era um elemento constante no mundo bíblico. Na simbologia bíblica, Deus é comparado ao pastor, aquele que tem ao mesmo tempo autoridade e solicitude para com suas ovelhas. Jesus Cristo também é comparado ao bom pastor no Evangelho de João. Como instituição, a Igreja atua não só na transmissão de ideias, valores e ideologia, mas também no serviço à comunidade. A teologia que estuda esta ação chama-se teologia pastoral.

Canção Nova

Canção Nova é uma comunidade católica brasileira fundada pelo Monsenhor Jonas Abib no ano de 1978, seguindo as linhas da Renovação Carismática Católica. Com sede na cidade de Cachoeira Paulista (SP), ocupa uma área de 372 mil m2 e conta com sistema de rádio e televisão de longo alcance, estendendo-se a outros países como Portugal, Itália, Israel, França e Paraguai.

Claretianos

Os Missionários Claretianos (ou formalmente Congregação dos Missionários Filhos do Imaculado Coração de Maria) são uma congregação religiosa católica fundada por Santo Antônio Maria Claret no dia 16 de julho de 1849.

Desenvolve um extenso trabalho social no Brasil: colégios, faculdades (a que mais se destaca é o Centro Universitário Claretiano), centro de espiritualidade, seminários, centros de formação para juventude, missões ad gente, rádios, emissões da TV Claret, inúmeras paróquias, etc.

Em Portugal dirigem o Colégio Universitário Pio XII, em Lisboa, o Colégio Interno dos Carvalhos, em Vila Nova de Gaia, e dispõem do Seminário do Coração de Maria e de uma ampla Casa de Acolhimento e Espiritualidade na Cova da Iria, em Fátima, perto do Santuário de Nossa Senhora do Rosário de Fátima.

No mundo esta congregação religiosa conta com uma média de 3500 membros, figurando entre uma das 10 maiores ordens e congregações da Igreja. Está presente em 66 países, nos 5 continentes. Seu carisma é a evangelização por todos os meio possíveis e eficazes. Ultimamente, esta congregação tem se destacado pelo pioneirismo no Brasil do ensino à distância.

Colégio São Francisco Xavier (São Paulo)

O Colégio São Francisco Xavier - Rede Jesuíta de Educação foi fundado em 1928 e era inicialmente chamado de "Collegio Catholico Japonês São Francisco Xavier" e fica localizado no bairro do Ipiranga, em São Paulo. Foi criado pelo Padre italiano, Guido del Toro, nascido na Toscana, em Monte Pulciano, em 1876. A instituição foi criada pelo Padre com o intuito de receber os imigrantes japoneses e seus descendentes e dedicar-se a evangelização destes. Inicialmente construído no bairro da liberdade, o colégio foi transferido para um terreno no Ipiranga, doado pelo Conde José Vicente de Azevedo, em 1931, quando foi fundado o prédio onde permanece a instituição até hoje.

Congregação dos Oblatos de São José

A Congregação dos Oblatos de São José (em Latim: Congregatio Oblatorum S. Ioseph, Astae Pompejae, OSJ) é uma congregação masculina católica, fundada por São José Marello em 1878, em Asti. Visa a educação cristã da juventude, a catequização e a evangelização.

A congregação possui uma instituição de ensino superior que está presente no Brasil. Trata-se da Faculdade Padre João Bagozzi situada na cidade de Curitiba no estado do Paraná.

Congregação para a Evangelização dos Povos

Congregação para a Evangelização dos Povos (Congregatio pro Gentium Evangelizatione) é um dicastério da Cúria Romana, ocupa-se das questões referentes à propagação da fé católica no mundo inteiro. Está sediada no Palazzo di Propaganda Fide, na Piazza di Spagna, em Roma.

Deuteropentecostalismo

Deuteropentecostalismo ou Segunda Onda do Pentecostalismo são os termos que designam a segunda onda do movimento Pentecostal que surgiu na década de 1950 no Brasil, quando chegaram a São Paulo dois missionários o estadunidense Harold Williams, da International Church of The Foursquare Gospel (grupo que nos Estados Unidos é considerado como Pentecostal de primeira onda), e o pastor peruano Jesús Hermirio Vásquez Ramos, sendo alguns anos depois auxiliados em grandes cruzadas evangelísticas pelo pastor estadunidense Raymond Boatright.

Na capital paulista eles criaram a Cruzada Nacional de Evangelização e, centrados na cura divina, iniciaram a evangelização das massas, principalmente pelo rádio, contribuindo bastante para a expansão do pentecostalismo no Brasil. Fundaram depois a Igreja do Evangelho Quadrangular.

No seguimento, surgem grupos semelhantes, tais como O Brasil para Cristo, Igreja Pentecostal Deus é Amor, Igreja Unida, Casa da Bênção, entre outras.

O Deuteropentecostalismo enfatiza a cura divina e as profecias. Embora valorize o falar em línguas, distingue-se do Pentecostalismo Clássico pelo seu menor foco nesse carisma. Quanto à ética e costumes, há uma polarização, e tornou-se mais rígido (caso da Igreja Pentecostal Deus é Amor) ou mais liberal (como na Igreja do Evangelho Quadrangular).

Ecumenismo

Ecumenismo é o processo de busca unitário. O termo ecumênico provém da palavra grega οἰκουμένη (oikouméne), significa mundo habitado. Num sentido mais restrito, emprega-se o termo para os esforços em favor da unidade entre igrejas cristãs; num sentido lato, pode designar a busca da unidade entre as religiões.

O Dicionário Aurélio define ecumenismo como movimento que visa à unificação das igrejas cristãs (católica, ortodoxa, luterana, anglicana e protestante). A definição eclesiástica, mais abrangente, diz que é a aproximação, a cooperação, a busca fraterna da superação das divisões entre as diferentes igrejas cristãs.

Do ponto de vista do Cristianismo, pode-se dizer que o ecumenismo é um movimento entre diversas denominações cristãs na busca do diálogo e cooperação comum, buscando superar as divergências históricas e culturais, a partir de uma reconciliação cristã que aceite a diversidade entre as igrejas. Segundo a Igreja Evangélica Luterana do Brasil, o termo ecumênico quer representar que a Igreja de Cristo vai além das diferenças geográficas, culturais e políticas entre diversas igrejas. Nos ambientes cristãos, a relação com outras religiões costuma-se denominar diálogo inter-religioso. Este artigo foi desenvolvido na perspectiva do ecumenismo como a busca de unidade entre igrejas cristäs para uma visão macro-ecumênica.

Estrutura local das Testemunhas de Jeová

Os mais de 8.220.105 de membros activos das Testemunhas de Jeová segundo o Anuário das Testemunhas de Jeová 2016, junto com muitos outros milhões de pessoas interessadas que assistem às suas reuniões nos Salões do Reino e Congressos, estão organizadas e distribuídas por congregações locais, precisamente 118.016 delas em todo o mundo. Certas localidades poderão ter apenas uma destas congregações, enquanto algumas cidades poderão conter várias dezenas. Todas essas congregações são supervisionadas por uma estrutura organizativa mundial, sob a liderança de um Corpo Governante.

Filhas de Maria Auxiliadora

As Filhas de Maria Auxiliadora (em latim Filiae Mariae Auxiliatricis; FMA) formam uma congregação religiosa da Igreja Católica Apostólica Romana, fundada por São João Bosco e cofundada por Santa Maria Mazzarello, sendo um ramo feminino da família salesiana, cujo ramo masculino é a Congregação dos Salesianos, fundada por São João Bosco, em homenagem a São Francisco de Sales. Estas freiras são, popularmente, conhecidas por irmãs salesianas (do nome latino de São Francisco de Sales: Franciscus Salesius).

Hip hop cristão

O hip hop cristão (do origial Christian hip hop, Christian rap, também chamado de rap gospel) é um subgênero da música hip hop que usa Cristo como tema e tenta expor a fé do compositor. Somente durante a década de 1990 o termo hip hop cristão começou a ser usado com maior frequência. Enquanto o público é geralmente cristãos, a música também é utilizada em missões para fins de evangelização. Artistas deste subgênero são frequentemente professos por cristãos que usam os seus antecedentes para disseminar as crenças da religião.

No Brasil, são exemplos de artistas deste subgênero: as bandas , Apocalipse 16, Ao Cubo, Estratagema de Deus, Provérbio X, Mensageiros da Profecia,, Ministério Éfeso e cantores como Pregador Luo, Mano Reco e DJ Alpiste.

Leigo (cristianismo)

No Catolicismo, os leigos ou fiéis são aqueles que não são ordenados, isto é, que não receberam o sacramento da Ordem. Os leigos compõem a maior parte da Igreja e têm a missão de testemunhar e difundir o Evangelho, bem como uma vocação própria a de procurar o Reino de Deus, iluminando e ordenando as realidades temporais segundo Deus, correspondendo assim ao chamamento à santidade e ao apostolado, dirigido a todos os batizados . Mas, mesmo que não sejam clérigos, eles devem também participar das mais diversas formas no governo e administração das suas igrejas locais. Embora vulgarmente se tenha a noção de que um leigo é quem não entende muito de um assunto, isto não se verifica de forma generalizada na pratica, havendo muitos leigos que inclusive se capacitam para compor a igreja. Antigamente relegado para um papel secundário pela hierarquia eclesiástica, os leigos hoje tornaram-se cada vez mais importantes e influentes no seio da vida eclesial porque, desde do Concílio do Vaticano II (1962-1965), eles gozam de igualdade em relação ao clero, em termos de dignidade, mas não de funções . Desde então, os leigos tornaram-se, como por exemplo, mais activos e dinâmicos na administração das igrejas, na angariação de fundos, na organização e participação de expressões de culto (sendo, como por exemplo, acólitos, leitores ou membros da cantoria) e de outras actividades paroquiais ou diocesanas, na catequese, no apostolado, na evangelização, na solidariedade social, entre outras áreas.

Atualmente, os leigos podem ser divididos em dois grupos: o dos católicos não-praticantes, que tende ser cada vez maior nos países europeus e americanos; e o dos católicos praticantes. Mas esta classificação não está oficializada pela Igreja Católica.

Dentro do grupo dos leigos, existem também aqueles que, não sendo ordenados, são membros consagrados, que normalmente agrupam-se em institutos seculares ou até em ordens religiosas(Ex. As comunidades católicas como Shalom.). Porém, na linguagem corrente e prática, este grupo de consagrados é excluído dos leigos.

Missionários Oblatos de Maria Imaculada

Os Missionários Oblatos de Maria Imaculada (em latim, Congregatio Missionariorum Oblatorum B.M.V. Immaculatae, abreviatura O.M.I.) são uma congregação religiosa, um instituto de vida consagrada, fundada em 1826, por Santo Eugênio de Mazenod, com o objetivo de dedicar-se por inteiro à educação de crianças e jovens, além das missões de evangelização.

Atualmente, os Oblatos de Maria Imaculada (também chamados Oblatos de Mazenod), são milhares em todo o mundo. Estão distribuídos em 69 países. Foram pioneiros na evangelização em lugares inóspitos (como o Polo Norte), o que valeu o apelido de "Missionários especialistas em missões difíceis".

Missão no Cristianismo

Missão é a pregação de uma religião em locais onde a mesma ainda não foi difundida. O missionário é quem realiza o trabalho missionário. Ele é uma figura comum dentro de diversas crenças, embora o termo seja essencialmente usado por pregadores do cristianismo. Ele realiza trabalho de promoção social em local que necessite de reavivamento de sua crença ou religião.

Ordem religiosa

As ordens religiosas são a forma mais comum de vida consagrada em várias religiões, como na católica, por exemplo. Segundo a hierarquia católica, uma ordem religiosa é um Instituto religioso de vida consagrada caracterizada por seus membros fazerem votos conforme o carisma do seu fundador. Os monges ou frades (que compõem a maior parte dos membros das ordens religiosas) podem ser leigos ou clérigos consagrados. Eles vivem em comunidades fechadas (mas muitas vezes não isoladas), afastadas do mundo, vestem um hábito e, geralmente, seguem uma rígida rotina religiosa.

Basicamente, existem quatro tipos de Ordens religiosas:

monásticas: são formadas por monges ou monjas que vivem enclausurados em mosteiros. Exemplos: Anunciadas, Beneditinos, Basilianos, Camaldulenses, Capuchinhas, Cartuxos, Celestes, Clarissas, Cistercienses, Concepcionistas, Jerónimos, Mínimas, Monges e Monjas de Belém, Premonstratenses, Trapistas e Visitandinas.

mendicantes: são formadas por frades ou freiras que vivem em conventos. Eles não são tão isolados como os monges, tendo por isso um apostolado mais activo no mundo secular (ex: obras de caridade, serviço aos pobres, pregação e evangelização). A sua sobrevivência depende das esmolas e dádivas dos outros, porque eles renunciaram a posse de quaisquer bens, comprometendo-se em viver radicalmente na pobreza. Exemplos: Agostinianos, Carmelitas, Dominicanos, Franciscanos, Mercedários e Servitas.

regrantes: são formadas exclusivamente por cónegos regrantes. Exemplos: Ordem dos Cónegos Regrantes de Santo Agostinho e Ordem Premonstratense.

clérigos regulares: são formados exclusivamente por clérigos regulares ou consagrados (os cónegos são excluídos). Eles não vivem uma vida comunitária tão enclausurada e austera como os monges ou como os frades, tornando-se por isso muito mais disponíveis para o apostolado. Com isto, eles ajudam grandemente o clero secular em áreas como a liturgia, a administração dos sacramentos, a educação e a evangelização. Exemplos: Crúzios, Escolápios, Jesuítas, Somascos e Teatinos.

As Ordens religiosas são diferentes das congregações religiosas, porque as últimas professam somente a versão simples dos votos evangélicos, enquanto que as primeiras professam a versão solene e mais austera (ou radical) destes mesmos votos. Os seus estilos de vida também os diferenciam.

Ordens mendicantes

Ordens mendicantes são ordens religiosas formadas por frades ou freiras que vivem em conventos. Eles centram a sua acção ou apostolado na oração, na pregação, na evangelização, no serviço aos pobres e nas demais obras de caridade. O seu apostolado mais activo no mundo secular implica que eles não vivam tão enclausurados como os monges, mas, mesmo assim, eles vivem em comunidades austeras e relativamente fechadas.

Surgiram no século XIII, numa época em que aumentavam as concentrações urbanas. Este estilo de vida respondia às necessidades de evangelização das cidades: por isso, receberam forte apoio dos papas.

A sua principal característica reside no fato de a sua sobrevivência depender das esmolas e dádivas dos outros. Isto porque eles renunciaram à posse de quaisquer bens, comprometendo-se em viver radicalmente na pobreza e na humildade. Essas esmolas são obtidas principalmente através da pregação e de outras obras referentes ao seu apostolado.

Os exemplos mais notáveis de mendicantes foram São Francisco de Assis e São Domingos de Gusmão, ambos fundadores de duas ordens mendicantes também muito notáveis: os franciscanos e os dominicanos. Os agostinianos, os mercedários e os carmelitas são também três ordens mendicantes muito importantes no seio da Igreja Católica. Essas ordens desempenharam um papel fundamental na reforma católica e na evangelização das Américas.

Papa Honório I

Papa Honório I nasceu em Capua. Eleito em 27 de outubro de 625 , tinha sido discípulo de S. Gregório Magno. Durante o seu pontificado impulsou a evangelização de Inglaterra, procurando a integração dos monotelitas na Igreja - heresia que negava uma vontade humana em Cristo, mantendo somente a divina - a qual ele não combateu (inclusive aprovando a Ecthesis de Sérgio I de Constantinopla. Isso fê-lo ser condenado pelo Papa Leão II (682).

Instituiu a Festa da Exaltação da Santa Cruz, no dia 14 de Setembro. Sanou as questões da Igreja no Oriente e o cisma de Aquileia.

Preocupou-se com a restauração das igrejas e mandou reparar o antigo aqueduto de Trajano, que levava água à cidade de Roma. Morreu em 12 de outubro de 638.

The Christian Science Monitor

The Christian Science Monitor (CSM) é uma organização noticiosa, sem fins lucrativos que publica artigos diários em formato eletrônico, bem como uma edição impressa semanal. Foi fundado em 1908 como jornal diário por Mary Baker Eddy, fundadora da Church of Christ, Scientist.O Monitor cobre os eventos atuais internacionais e dos Estados Unidos. Sua equipe e relatórios receberam sete Prêmios Pulitzer ao longo dos anos de 1950 a 2002. O jornal inclui um artigo religioso diário na página "The Home Forum", mas afirma que a publicação não é uma plataforma de evangelização.

Vida consagrada

A Vida Consagrada é o nome que a Igreja Católica dá ao modo de viver das pessoas que deixaram as suas vidas profissionais e familiares e seu próprio estado no mundo, numa tentativa de abnegação de si mesmo na vivência de votos ou conselhos evangélicos em restrito seguimento de Jesus Cristo numa busca de cristianismo em vista do serviço à Igreja na evangelização, intercessão e promoção da dignidade humana.

Existem duas realidades, Vida e Aliança. O exemplo acima se encaixa nos moldes daqueles que optaram por ser "Comunidade de Vida". No entanto, a vida consagrada também se estende aos que são "Comunidade de Aliança", onde os que vivem essa realidade, permanecem com sua "vida secular" mas tendo uma posição e opção diferente mediante ao mundo. Um sinal do Eterno no meio comum.

Segundo a Igreja Católica, a vida consagrada deve ser vista como "uma resposta livre a um chamamento particular de Cristo, mediante a qual os consagrados se entregam totalmente a Deus e tendem para a perfeição da caridade sob a moção do Espírito Santo"As pessoas consagradas, que podem ser leigos ou clérigos, homens ou mulheres, normalmente agrupam-se em institutos de vida religiosa (ordens religiosas e congregações) ou em institutos seculares, existindo porém aqueles que vivem isoladamente ou até em comunidade aberta, junto dos outros leigos não-consagrados. Dentro da Igreja Católica, existem vários institutos de vida religiosa, como por exemplo agostinianos, anunciadas, beneditinos, mercedários, betlemitas, carmelitas, cartuxos, celestes, clarissas, concepcionistas, franciscanos, dominicanos, mínimos, jerónimos, trapistas, visitandinas e tantas outras comunidades de frades, freiras, monges e monjas católicos.

Tal vivência consagrada se remete também aos membros das Comunidades Novas, que embora não tenham a chamada Vida Consagrada citada aqui em sentido clássico, são homens e mulheres que nas últimas décadas vem "consagrando suas vidas a Cristo" em associações privadas de fiéis denominadas por Comunidades Novas. Um exemplo é a Comunidade Sementes do Verbo.

Jesus Cristo
Bíblia
Teologia cristã
Tradição cristã
História
Denominações
Tópicos

Noutras línguas

This page is based on a Wikipedia article written by authors (here).
Text is available under the CC BY-SA 3.0 license; additional terms may apply.
Images, videos and audio are available under their respective licenses.