Cristãos de São Tomé

Cristãos de São Tomé (malaiala: Sírios nasrani-malabar, ou povo sírio Nasrani Malabar) é um grupo etnoreligioso de Kerala, Índia, referindo-se aqueles que se tornaram cristãos na costa do Malabar nos primórdios da fé cristã, incluindo nativos da região e os da diáspora judaica em Querala.

São chamados de cristãos de São Tomé por terem sido, segundo conta a tradição, evangelizados diretamente pelo apóstolo São Tomé em pregação.

SaintThomasChristian'sDivisionsHistoryFinal-pt

Ver também

Anna Chandy

Anna Chandy (1905-1996), também conhecida como Anna Chandi, foi uma advogada, política, feminista e magistrada indiana. Chandy foi a primeira mulher a ocupar o cargo de juíza na história da Índia, bem como a primeira a ser juíza de um tribunal superior no país. De fato, foi a primeira mulher juíza em todo o mundo anglo-saxão, décadas antes da britânica Elizabeth Lane.Anna Chandy nasceu em 1905 e foi criada em Trivandrum, sendo seguidora do Cristianismo Sírio. Em 1926, após concluir uma pós-graduação, tornou-se a primeira mulher em seu estado a receber um diploma de Direito. A partir de 1929, passou a advogar, promovendo ao mesmo tempo a causa dos direitos das mulheres, nomeadamente através da Shrimati, uma revista que fundou e editou.Muitas vezes descrita como uma "primeira geração de feministas", Chandy fez campanha para a Assembleia Popular de Shree Mulam em 1931. Ela enfrentou hostilidade, tanto de seus concorrentes quando de jornais, mas foi eleita para o período de 1932 a 1934.Chandy foi designada uma munsif em Travancore em 1937. Isso fez dela a primeira mulher juíza na Índia e, em 1948, foi promovida ao cargo de Juíza Distrital. Empossada juíza do Alto Tribunal de Kerala em 9 de fevereiro de 1959, tornou-se a primeira mulher juíza em um tribunal superior indiano; ela permaneceu no cargo até 5 de abril de 1967.Em sua aposentadoria, Chandy integrou a Comissão de Direito da Índia e escreveu uma autobiografia intitulada Atmakatha (1973).

Antitrinitarismo

Antitrinitarismo (ou não trinitarianismo) refere-se a um sistema de crenças monoteístas, principalmente dentro do cristianismo, que rejeita a doutrina de Trindade, nomeadamente, o ensinamento de que Deus é constituído por três hipóstases. No Primeiro Concílio de Constantinopla, a doutrina da trindade foi formulada como "três hipóstases em uma ousia (substância)".De acordo com as igrejas que consideram a decisão do concílio ecuménico como final, o trinitarianismo foi definido no concílio do século IV, do Primeiro Concílio de Niceia, que declarou a plena divindade do Filho, enquanto o Primeiro Concílio de Constantinopla declarou a divindade do Espírito Santo. Alguns conselhos mais tardios do que o de Niceia (325), mas anteriores ao de Constantinopla (381), como o Concílio de Rimini (359), descritos como a "coroação da vitória do arianismo", discordaram da fórmula trinitária do Concílio de Niceia.

Concílio

Um concílio é uma reunião de autoridades eclesiásticas com o objetivo de discutir e deliberar sobre questões pastorais, de doutrina, fé e costumes (moral). Os concílios podem ser ecuménicos, plenários, nacionais, provinciais ou diocesanos, consoante o âmbito que abarquem.

O primeiro concílio ocorreu em Jerusalém, conforme pode ser lido no livro dos Atos dos Apóstolos, quando os Apóstolos se reuniram para tratar sobre os temas que estavam dividindo os primeiros cristãos: de um lado os judaizantes (judeus convertidos) e do outro os gentios (não judeus convertidos).

Cristianismo ocidental

Cristianismo ocidental refere-se a igrejas típicas da Europa ocidental como (a igreja católica romana, o anglocatolicismo, o jansenismo, a igreja católica liberal, etc. Enquanto o cristianismo oriental, desenvolveu-se em tornou da Europa Oriental e Oriente Médio, como (as igrejas católicas orientais e as Igrejas ortodoxas orientais) daí o nome.

Cristão

Cristão é todo o indivíduo que adere ao cristianismo, uma religião monoteísta abraâmica centrada na vida e nos ensinamentos de Jesus de Nazaré, e que foi profetizada na Bíblia hebraica (Antigo Testamento). Os cristãos estão divididos em três grupos principais: católicos, ortodoxos e protestantes. Além disso os cristãos também dão ênfase aos ensinamentos de Jesus, que acreditam ser o Filho de Deus, como o respeito aos Dez Mandamentos, a forma como Jesus interpreta a Lei do Amor: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. ~ E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.(Mateus 22:37-39) e o estudo dos ensinamentos de Cristo contidos nos Evangelhos do Novo Testamento.No livro de João 1:12 diz: Mas a todos quantos o receberem, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome. Existem mais de 2 bilhões de cristãos no mundo todo.

Crítica ao cristianismo

Ao longo de sua história, o cristianismo, a igreja e os próprios cristãos foram criticados por muitos. Algumas críticas abordam especificamente as crenças, ensinamentos e interpretações das escrituras cristãs. A resposta formal dos cristãos a tais críticas é descrita como apologética cristã.

Diversas áreas de crítica incluem algumas reivindicações da própria escritura "sagrada", a ética das interpretações bíblicas que têm sido usadas ​​historicamente para justificar atitudes e comportamentos que são vistos pelos críticos como claramente errados, a questão da compatibilidade com a ciência e certas doutrinas cristãs que alguns acham inquietantes ou irrazoáveis.

Certas interpretações de alguns ensinamentos morais na Bíblia são consideradas eticamente questionáveis por muitos grupos modernos. Algumas das passagens mais comumente criticadas incluem referências ao colonialismo, subjugação das mulheres, intolerância religiosa, condenação da homossexualidade e o suporte à instituição da escravidão no Antigo e Novo Testamentos.

Deus, o Pai

Em muitas religiões, dá-se o título e as atribuições de Pai ao Deus supremo. No judaísmo, Deus é chamado Pai porque é o criador, o governador e o protetor. O cristianismo herdou esta concepção, dando ênfase à relação Pai-Filho revelada em Jesus Cristo.

Deus, como Primeira Pessoa da Trindade, é agente responsável pela Criação do Universo, mas a Bíblia diz que Ele não é o único, também tiveram parte o Divino Espírito Santo (Gênesis 1,2) e Cristo Jesus (João 1,1), os Três criando assim, por dizer, os reinos vegetal e animal. O segundo, tanto racional como irracional. Por ser o Primeiro, Ele é o Detentor de toda a Criação, e atualmente reina sobre toda ela, tendo participação (principalmente) na criação humana: "Façamos o homem à Nossa imagem, conforme a Nossa semelhança" (Gn 1,26).

Eclesiologia

Eclesiologia (da grego ekklesia e logos)

é o ramo da teologia cristã que trata da doutrina da Igreja, seu papel na salvação, sua origem, sua disciplina, sua forma de se relacionar com o mundo, seu papel social, as mudanças ocorridas, as crises enfrentadas, suas doutrinas, a relação com outras denominações e sua forma de governo eclesiástico.

Evangelização

Evangelização ou evangelismo consiste na pregação do Evangelho cristão (a mensagem da salvação em Jesus de Nazaré segundo a fé cristã), constituindo-se assim num ato proselitista realizado visando à aquisição de adeptos à religião cristã, a uma denominação ou igreja. Posteriormente, a palavra também veio a ser usada para significar algum ato proselitista que vise a produzir conversão ou mudanças de hábitos, crenças e valores não necessariamente cristãos.

A palavra "evangelista" provém da palavra εὐάγγελος ("eu-angelos"), do grego koiné, que significa "boas novas" ou "boas notícias" e que também serve de base para o nome dos quatro primeiros livros do Novo Testamento bíblico chamados "Evangelhos". Por essa causa, os autores destes quatro livros são denominados evangelistas - Mateus, Marcos, Lucas e João. Ainda que seja provável que o termo tenha ganho seu extenso uso devido aos Evangelhos e seus autores, considera-se, contudo, que a evangelização no âmbito do cristianismo tenha se iniciado com o ministério de Jesus Cristo, que, fazendo discípulos e instruindo-os segundo a sua doutrina, os preparou para espalhar a sua mensagem religiosa, tendo ele mesmo pregado essa mensagem durante o seu tempo de ministério, segundo prega a fé cristã.

Igreja Independente Síria Malabar

A Igreja Independente Síria Malabar, também conhecida como Thozhiyur Sabah, é uma comunidade cristã existente em Kerala, Índia.Foi criada a partir dos Cristãos de São Tomé.

Igreja Ortodoxa Siríaca Malankara

A Igreja Ortodoxa Indiana, também conhecida como a Igreja Ortodoxa Malankara, Igreja Ortodoxa do Oriente, Igreja Ortodoxa Siríaca Malankara é membro da família cristã das Igrejas ortodoxas orientais. A igreja é um dos vários grupos de cristãos de São Tomé a traçar suas origens até este apóstolo, que teria chegado à Índia em 52 dC, onde institui a igreja e sofreu o martírio no ano 72 em Mylapore (hoje cidade de Chennai) no sul da Índia.Foi criada através dos Cristãos de São Tomé.Durante o Século XVI os jesuítas portugueses tentaram converter a comunidade ao Catolicismo Romano, mas sem sucesso.

Igreja Síria Caldeia

A Igreja Síria Caldeia (ou também conhecida como Igreja Malabara Ortodoxa) é uma igreja Indiana cristã.Foi criada a partir dos Cristãos de São Tomé na Índia.

Igreja Síria Jacobita Cristã

A Igreja Síria Jacobita Cristã é uma igreja localizada no estado Indiano de Kerala, Índia.Foi criada através dos Cristãos de São Tomé.Nasceu em 1912 como uma dissidência da Igreja Sírio-Malancara Ortodoxa, e voltou a ser parte desta igreja entre 1958 e 1975. Após 1975 passou então a ser definitivamente uma igreja independente da Igreja Sírio-Malancara Ortodoxa e integrada na Igreja Ortodoxa Síria.

Mar Thoma

A Igreja Síria Mar Thoma de Malabar (no original Malankara Mar Thoma Suryani Sabha) ou simplesmente Mar Thoma é uma igreja cristã baseada no estado de Kerala, no sudoeste da Índia.Sua origem se relaciona com as pregações de São Tomé em sua viagem à Índia, lugar onde foi morto com lanças dos soldados locais.

Música cristã

Música cristã é originada dos hinários protestantes tais como Salmos e Hinos (mais antigo hinário editado no Brasil), Hinos e cânticos (1876), Cantor Cristão, Harpa Cristã, Novo Cântico, Hinário para o Culto Cristão, entre outros, que por sua vez vêm das traduções e adaptações de músicas evangélicas de outros países, principalmente dos EUA. Muitas destas músicas foram compostas durante a explosão do pentecostalismo no final do século XIX. Elas geralmente falam de Jesus, de Deus e do Espírito Santo.

Rito oriental

Rito oriental pode-se referir a:

Os ritos litúrgicos utilizados no cristianismo oriental:

O rito bizantino, utilizado pela Igreja Ortodoxa, as igrejas católicas orientais nesta originadas e a Igreja Católica Ítalo-Albanesa

O rito alexandrino, dividido entre os usos copta (utilizado pela Igreja Ortodoxa Copta e pela Igreja Católica Copta e ge'ez (utilizado pela Igreja Ortodoxa Etíope, a Igreja Ortodoxa Eritreia, e pelas igrejas católicas orientais correspondentes)

O rito antioquino, sírio ocidental, siríaco ou maronita, utilizado pela Igreja Ortodoxa Síria, pelos Cristãos de São Tomé (com exceção da Igreja Católica Siro-Malabar e de alguns grupos minoritários), pela Igreja Maronita e pela Igreja Católica Síria

O rito sírio oriental, assírio ou caldeu, utilizado pela Igreja Assíria do Oriente, pela Igreja Antiga do Oriente, pela Igreja Católica Caldeia e pela Igreja Católica Siro-Malabar

O rito armênio, utilizado pela Igreja Apostólica Armênia e pela Igreja Católica Armênia

Igrejas cristãs orientais

Igreja Católica Oriental (utilização mais frequente deste sentido institucional do termo), igrejas sui iuris da de tradição oriental dentro da Igreja Católica Romana, mas diferentes da Igreja Latina

Igreja Ortodoxa, segunda maior comunhão cristã do mundo

As igrejas ortodoxas orientais

Sacramento

Sacramento significa, para a grande maioria das confissões, denominações ou ministérios cristãos, como um sinal ou um gesto divino instituído por Jesus Cristo, cuja observância deve receber reverência por parte do fiel.

Sínodo

Um sínodo pode ser realizado por qualquer denominação religiosa, sendo muito comum entre os cristãos.

Trata-se de uma reunião convocada pela autoridade eclesiástica.

Sínodo de Diamper

O sínodo de Diamper foi uma assembleia sinodal diocesana aberta em 20 de junho de 1599 em Udayamperoor (ou "Diamper") em Kerala (Índia). Sob a pressão de Aleixo de Meneses, arcebispo de Goa, (que o tinha convocado), o arquidiácono Jorge da Cruz e os cristãos de São Tomé adotaram os ritos e a liturgia da igreja latina.Dom Aleixo convoca para um sínodo, prelados, sacerdotes e demais eclesiásticos. Além disso determina que a este assistam quatro procuradores de cada freguesia que, em nome dos seus conterrâneos, darem consentimento e assinassem suas resoluções. O sínodo que durou seis dias, estiveram presentes mais de 800 pessoas subdivididas por 153 prelados e sacerdotes, cinco jesuítas que dominassem os dialetos malabares e dois os dialetos siríaco e caldeu, diáconos e subdiáconos, pessoas nobres e procuradores representantes da população.

Neste âmbito, foram redigidos uma serie de decretos e aprovados outros que anteriormente já estavam compilados pelo arcebispo organizador.

O rito romano foi adotado e mandado traduzir em síriaco para a administração dos sacramentos, foram pedidos breviários e missais em caldeu para os sacerdotes locais, foi elaborado um catecismo para o malabar e tudo o que pudesse lembrar a heresia anterior foi queimado e destruído.

Este ato separou por consequência os cristãos de São Tomé dos patriarcado caldeu e os fez passar sob a jurisdição do Arcebispo de Goa. A arquidiocese de Angamale foi relegada ao papel de diocese sufragânea de Goa (em 1600). Foi imposta a jurisdição do Padroado e os bispos dos Cristãos de São Tomé foram nomeados pelo padroado português. Em 4 de Agosto de 1600, o bispado de Angamale é elevado a arcebispado ad honorem, pela bula In supremo militantis Eclesiae concedida pelo Papa Clemente VIII.

A Igreja Católica Siro-Malabar, uma Igreja Católica Oriental sui iuris é derivada diretamente a partir deste Sínodo.

Jesus Cristo
Bíblia
Teologia cristã
Tradição cristã
História
Denominações
Tópicos

Noutras línguas

This page is based on a Wikipedia article written by authors (here).
Text is available under the CC BY-SA 3.0 license; additional terms may apply.
Images, videos and audio are available under their respective licenses.