Andre Rison

Andre Previn Rison (18 de março de 1967, Flint, Michigan) é um ex-jogador profissional de futebol americano estadunidense que foi campeão da temporada de 1996 da National Football League jogando pelo Green Bay Packers.[1] Atuava na posição de wide receiver e defendeu, ao longo de sua carreira, além da franquia de Green Bay, o Indianapolis Colts, o Atlanta Falcons, o Cleveland Browns, o Jacksonville Jaguars, o Kansas City Chiefs e o Oakland Raiders.[2]

Andre Rison
No. 87, 80, 81, 84, 89     
Wide receiver
Informações pessoais
Data de nascimento: 18 de março de 1967 (52 anos)
Local de nascimento: Flint, Michigan
Altura: 6 ft 0 in (1 83 m) Peso: 188 lb (85 kg)
Informação da carreira
Faculdade: Michigan State
Draft da NFL: 1989 / Rodada: 1 / Escolha: 22
Estreou em 1989 pelo Indianapolis Colts
Jogou pela última vez em 2005 pelo Toronto Argonauts
História da carreira
 Como jogador:
Pontos altos na carreira e prêmios
Estatísticas de carreira na NFL até a temporada de 2000
Recepções     743
Jardas recebidas     10 205
TDs recebidos     84
Estatísticas no NFL.com

Referências

  1. «1996 Green Bay Packers - Starters & Roster» (em inglês). Reference.com. Consultado em 9 de novembro de 2010
  2. "Andre Previn "Bad Moon" Rison - ESPN". Página acessada em 12 de abril de 2013.
Wilsonnflfootball.png Este artigo sobre um(a) jogador(a) de futebol americano, integrado ao Projeto Desporto, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Atlanta Falcons

O Atlanta Falcons são uma equipe profissional de futebol americano sediada em Atlanta, Geórgia. Os Falcons competem na National Football League (NFL) como um clube membro da NFC South. Os Falcons se juntaram à NFL em 1965 como uma equipe de expansão, depois que a NFL ofereceu ao então proprietário, Rankin Smith, uma franquia para evitar que ele se juntasse à rival American Football League (AFL).Em seus 51 anos de existência (até 2016), os Falcons acumularam um recorde de 350-450-6 (341-437-6 na temporada regular e 9-13 nos playoffs), vencendo campeonatos de divisão em 1980, 1998, 2004, 2010, 2012 e 2016. Os Falcons apareceram em dois Super Bowls, o primeiro durante a temporada de 1998 no Super Bowl XXXIII, onde perderam para o Denver Broncos por 34-19, e o segundo foi dezoito anos depois, uma derrota por 34-28 na prorrogação para o New England Patriots no Super Bowl LI.

O atual estádio dos Falcons é o Mercedes-Benz Stadium, que foi inaugurado na temporada de 2017; a sede da equipe e as instalações de treinamento estão localizadas em um local de 20 hectares em Flowery Branch, a nordeste de Atlanta no condado de Hall. O Atlanta Falcons compartilha dono, Arthur Blank, e o estádio com o time de Futebol de campo Atlanta United FC.

CrazySexyCool

CrazySexyCool é o segundo álbum de estúdio do girl group americano TLC, lançado em 15 de novembro de 1994 pela LaFace Records. Após o contrato de gravação do grupo, elas lançaram seu álbum de estreia Ooooooohhh... On the TLC Tip (1992), que foi recebido com críticas positivas e sucesso comercial. No ano seguinte, o grupo começou a trabalhar no álbum seguinte; no entanto, a produção foi improdutiva devido a conflitos pessoais - especialmente envolvendo a integrante Lisa "Left Eye" Lopes, que estava envolvida em um relacionamento romântico conturbado e lutando contra o alcoolismo. A gravação do álbum durou até setembro de 1994, com Lopes sendo forçada a ter menos participação por estar em reabilitação.

O álbum viu o grupo se reunir com os produtores Dallas Austin, Kenneth "Babyface" Edmonds e Jermaine Dupri, bem como com os novos colaboradores Organized Noize e Chucky Thompson, e também com contribuições de Sean "Puffy" Combs, que ajudaram no notável som hip hop soul. CrazySexyCool apresentou batidas de hip hop, funk, grooves profundos, ritmos propulsivos e produção suave. O conteúdo lírico do álbum foi visto como um afastamento da estreia do grupo e foi visto como um projeto de amadurecimento que explorou temas como sexualidade, romantismo, inexperiência e otimismo juvenil.

CrazySexyCool foi recebido com aclamação da crítica e sucesso comercial, chegando ao número três na Billboard 200, onde passou mais de dois anos. Foi certificado onze vezes platina pela Recording Industry Association of America (RIAA), tornando o TLC o primeiro grupo feminino na história a receber a certificação de diamante. CrazySexyCool já vendeu mais de 14 milhões de cópias em todo o mundo, tornando-se o álbum mais vendido por um grupo feminino americano. O álbum já apareceu na Lista dos 500 melhores álbuns de sempre da revista Rolling Stone, incluído no livro 1001 álbuns que você deve ouvir antes de morrer e foi listado como um "novo clássico" pela Entertainment Weekly em 2008. O álbum também foi classificado como o sétimo melhor álbum com o certificado de diamantes de todos os tempos pela Billboard.

Creep (canção de TLC)

"Creep" é uma canção do grupo feminino estadunidense TLC, contida em seu segundo álbum de estúdio CrazySexyCool (1994). Foi composta e produzida por Dallas Austin, que também serviu como produtor executivo juntamente com Antonio "L.A." Reid e Perri "Pebbles" Reid. Colaborador de longa data do grupo e amigo de adolescência da integrante Tionne "T-Boz" Watkins, Austin escreveu a faixa a partir de uma perspectiva feminina inspirado em uma experiência pessoal compartilhada por ela, que vivenciou um problema em seu relacionamento. A elaboração da obra criou um novo método de composição para ele e foi apreciada pelo trio, por encaixar-se na imagem de feministas que elas passavam; a integrante Lisa "Left Eye" Lopes, no entanto, opôs-se fortemente à faixa, discordando de sua mensagem. Esta foi uma das diversas músicas do disco a não conter os vocais de Lopes, que estava na reabilitação em virtude do incidente com seu então namorado, o jogador de futebol americano Andre Rison.

Gravada em 1994 nos DARP Studios em Atlanta, Geórgia, "Creep" foi lançada em 31 de outubro de 1994 como o single inicial de CrazySexyCool, através da LaFace Records; diversos remixes foram incluídos nos diferentes formatos disponibilizados, com alguns apresentando raps de Lopes comentando as consequências de uma traição. Com o sucesso obtido pela faixa de trabalho posterior "Waterfalls", no início de 1996 a obra foi relançada no Reino Unido e na Europa com o título de "Creep '96". Em termos musicais, é uma canção derivada do R&B contemporâneo com influências de funk, jazz e boom bap, sendo um notável afastamento da estreia do grupo, maioritariamente trabalhada com o new jack swing, contendo o uso de demonstrações de "Hey Young World", de Slick Rick, e "Who the Cap Fits", de Shinehead. Liricamente, retrata a situação de uma mulher que, ao descobrir que seu parceiro a trai, ela faz o mesmo, para receber atenção no relacionamento.

"Creep" foi aclamada por críticos musicais, que elogiaram a mudança e a nova direção musical das TLC, seus vocais e a produção de Austin, com alguns comparando-a com trabalhos de Prince. Constou em diversas listas reconhecendo as melhores músicas da década de 1990, tanto geral quanto do gênero R&B, e rendeu às TLC seu primeiro Grammy Award, na categoria de Best R&B Performance by a Duo or Group with Vocals. Obteve um bom desempenho comercialmente, alcançando as vinte primeiras posições na Austrália, Escócia, Nova Zelândia e Reino Unido. Nos Estados Unidos, marcou o primeiro número um do grupo na Billboard Hot 100, liderando por quatro semanas consecutivas e sendo a terceira de maior sucesso em 1995; foi a oitava mais vendida naquele ano e recebeu uma certificação de platina pela Recording Industry Association of America (RIAA), vendendo mais de um milhão de cópias no território.

O vídeo musical correspondente foi dirigido por Matthew Rolston e lançado em outubro de 1994 na MTV. O grupo filmou e descartou outros dois vídeos — um deles lançado anos depois na Internet — até contatarem Rolston, inspiradas por seu trabalho com o Salt-N-Pepa; o produto final é tido como um dos vídeos pop mais icônicos de todos os tempos, por sua coreografia e pelos pijamas de seda utilizados pelas cantoras, que ajudaram também a criar um novo conceito de moda e inspiraram trabalhos posteriores. As TLC cantaram "Creep" em uma série de eventos, como o programa humorístico Saturday Night Live e os MTV Video Music Awards de 1995, incluindo-a no repertório de várias turnês desde então. Reconhecida como uma das canções assinatura das TLC, a faixa foi notada por marcar uma virada na carreira do grupo e influenciar contemporâneas como Aaliyah e Destiny's Child através de seu tema de empoderamento feminino, que colocou a mulher como a protagonista e o homem como o objeto da relação, algo incomum na época; foi também regravada e utilizada como interpolação por diversos artistas, como Nick Carter e Zendaya, fazendo também parte de filmes, séries e vídeo games.

Lisa Lopes

Lisa Nicole Lopes (Filadélfia, 27 de maio de 1971 — La Ceiba, 25 de abril de 2002) mais conhecida por seu nome artístico, Left Eye, foi uma cantora, rapper, compositora e produtora americana de hip-hop. Lopes era mais conhecida como uma das elementos do trio feminino TLC, ao lado de Tionne "T-Boz" Watkins e Rozonda "Chilli" Thomas. Além de cantar e cantar vocais de fundo nas gravações do TLC, Lopes foi uma das forças criativas por trás do grupo. Ela recebeu mais créditos de co-escrita do que as outras membros. Ela também criou as roupas e encenações para o grupo e contribuiu para a imagem do mesmo, títulos de álbuns, obras de arte e vídeos de música. Através de seu trabalho com o TLC, Lopes ganhou quatro prêmios Grammy.Durante sua curta carreira solo, Lopes fez dois singles top-dez dos EUA com "Not Tonight" e "U Know What's Up", bem como um single número um do Reino Unido com "Never Be the Same Again". Ela também produziu o girl group Blaque, que rendeu um álbum de platina e dois top-dez nos EUA. Lopes continua sendo a única membro do TLC a ter lançado um álbum solo. Em 25 de abril de 2002, Lopes foi morta em um acidente de carro durante uma viagem com sua irmã e outras pessoas. Ela saiu da estrada para evitar bater em outro veículo e foi jogada do veículo e morreu instantaneamente. Ela estava trabalhando em um documentário no momento de sua morte, que foi lançado como The Last Days of Left Eye e foi ao ar no VH1 em maio de 2007.

Lista de ex-empregados da Impact Wrestling (A–C)

A Total Nonstop Action Wrestling (TNA) é uma promoção de wrestling profissional localizada em Nashville, Tennessee. Ex-empregados da TNA incluem lutadores, managers, comentaristas, locutores, repórteres, árbitros, treinadores, roteiristas, executivos e diretores.

Os empregados recebem contratos de desenvolvimentos a décadas. Eles aparecem em programas de televisão da TNA, pay-per-views e eventos ao vivo. Outros também lutaram no antigo território de desenvolvimento da empresa, a Ohio Valley Wrestling (OVW). Aqueles que realizaram aparições sem contratos e aqueles que foram demitidos mas estão empregados hoje não foram incluídos.

Lista de recordes individuais da National Football League

Esta é a lista de recordes individuais oficiais da National Football League (NFL) definida por jogadores individuais.

Red Light Special

"Red Light Special" é uma canção do grupo americano TLC, e lançada como segundo single do seu álbum de estúdio, CrazySexyCool (1994). Escrita por Cindy Herron, do En Vogue, a música alcançou o primeiro lugar no Top 40 da Billboard Rhythmic Top 40 e a segunda na Billboard Hot 100, sendo retida da primeira posição por "This Is How We Do It" de Montell Jordan. A música foi o quinto single top-10 do TLC.

Super Bowl XXXI

O Super Bowl XXXI, disputado em 26 de janeiro de 1997 em Nova Orleães, Luisiana, Estados Unidos, foi a decisão da temporada de 1996 da NFL, decidido entre o vencedor da AFC, New England Patriots, contra o vencedor da NFC, Green Bay Packers, sendo que este último se tornaria o campeão, ao vencer o jogo por 35 a 21.O retornador de kickoffs e de punts, Desmond Howard, foi considerado o MVP da partida, sendo o primeiro e, até agora, único jogador do special teams a ser premiado com essa honraria.

Supernova (álbum de Lisa Lopes)

Supernova é o álbum de estréia a solo de Lisa Lopes, do TLC. Foi lançado meses antes da sua morte, em 2002, sendo o único álbum a solo lançado com o nome da cantora enquanto a mesma ainda estava viva.

TLC (banda)

TLC é um girl group americano cuja formação original consistia em Tionne "T-Boz" Watkins, Lisa "Left Eye" Lopes e Rozonda "Chilli" Thomas. Formado em Atlanta, Geórgia, em 1990, o grupo teve muito sucesso durante a década de 1990, apesar de inúmeras brigas com a lei, entre si, e com a gravadora e gerência do grupo. Elas marcaram nove top-10s hits na Billboard Hot 100, incluindo quatro singles número um "Creep", "Waterfalls", "No Scrubs" e "Unpretty". O grupo também gravou quatro álbuns multi-platina, incluindo CrazySexyCool (1994), que ainda continua sendo o único álbum de um grupo feminino a receber uma certificação de diamante da Recording Industry Association of America (RIAA). O TLC também se tornou o primeiro grupo de R&B na história a receber a certificação Million da Recording Industry Association of Japan (RIAJ) por FanMail (1999).Tendo vendido mais de 65 milhões de discos em todo o mundo, o TLC é o grupo feminino americano mais vendido e o segundo no mundo todo ficando atrás apenas do grupo britânico Spice Girls. O VH1 classificou o TLC como o maior grupo feminino, colocando-os no número 12 na lista das 100 Maiores Mulheres na Música. A revista Billboard classificou o TLC como um dos maiores trios musicais, bem como o sétimo mais bem sucedido dos anos 90. Os prêmios do grupo incluem quatro prêmios Grammy Awards, cinco MTV Video Music Awards e cinco Soul Train Music Awards. Vinte anos após sua estréia, o TLC foi homenageado com destacada contribuição para a música no MOBO Awards e Legend Award no MTV Video Music Awards Japan de 2013. Todas as três membros do TLC são consideradas insubstituíveis pelas outras membros, e cada uma delas contribuiu igualmente para o grupo. Após a morte de Lopes em 2002, em vez de substituí-la, as membros restantes decidiram continuar como um duo. Em 30 de junho de 2017, elas lançaram seu último álbum TLC; Elas esclareceram que não vão se separar após o lançamento do álbum e continuarão a cantar juntas.

Noutras línguas

This page is based on a Wikipedia article written by authors (here).
Text is available under the CC BY-SA 3.0 license; additional terms may apply.
Images, videos and audio are available under their respective licenses.