Álbum de estúdio

Um álbum de estúdio é um álbum que possui a maioria de suas canções inéditas gravadas em estúdio por um(a) artista musical[1], sendo que álbuns de estúdio geralmente possuem 8 ou mais faixas. Caso o álbum possua a maioria de suas canções inéditas e tenha sido trabalhado em estúdio, mas é curto, ele é considerado um EP.

Características

O álbum pode possuir diversas faixas, mesmo que não oficiais ou singles, normalmente essas faixas não fazem parte da maioria no álbum e costumam ser chamadas de "faixas bônus". Devido a sua natureza de serem muito bem preparados, eles podem conter uma variedade de técnicas de produção, incluindo efeitos de som, faixas escondidas e contribuições orquestrais.

Na indústria da música, álbuns de estúdio costumam contracenar com álbuns de compilações e álbuns ao vivo. Álbuns de estúdio costumam ser chamados de próprios, contendo material que é, em sua maioria, previamente lançado antes dele. Eles tendem a ser o tipo de álbum que mais vende - no Reino Unido, por exemplo, dezoito a cada vinte e cinco álbuns que venderam mais de 2.5 milhões de cópias são álbuns de estúdio.

Na música clássica, álbuns de estúdio diferem de gravações ao vivo já que normalmente eles são resultado de algumas edições. Trabalhos orquestrais em particular podem ser takes de alguma peça. Esta prática é bem estabelecida, sendo que para gravações analógicas, edições são uma boa opção quando elas são transformadas em mídias digitais.

O álbum de estúdio mais vendido da história é Thriller (1982), de Michael Jackson, com mais de 100 milhões de cópias em todo o mundo desde seu lançamento original, em 30 de novembro daquele ano.[2]

Referências

  1. Marcia Tosta Dias (Setembro de 2012). «Quando o todo era mais do que a soma das partes: álbuns, singles e os rumos da música gravada» (PDF). Revista Observatório Itaú Cultural, nº13 (p. 63-74). Consultado em 12 de setembro de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 12 de setembro de 2016
  2. Carrillo, Karen Juanita (2012). African American History Day by Day: A Reference Guide to Events (em inglês). Santa Bárbara, CA: ABC-CLIO. p. 254. ISBN 1598843613
2006 na música

O Ano de Mozart, celebrando o 250º aniversário do compositor austríaco Johann Chrysostom Wolfgang Amadeus Mozart.

2013 na música

Esta é uma relação de eventos notórios que decorreram no ano de 2013 na música.

2PM

2PM (em hangul: 투피엠), é uma boy group sul-coreana gerido pela JYP Entertainment. Os atuais membros são Jun. K (anteriormente conhecido como Junsu), Nichkhun, Taecyeon, Wooyoung, Junho e Chansung. O ex-líder Jay Park deixou oficialmente o grupo no início de 2010.Os membros do 2PM começou quando o músico coreano Park Jin-young formou uma banda de onze membros conhecido como One Day. Eventualmente, a banda foi dividida em 2PM, e um grupo semelhante, mas independente conhecida como 2AM. 2PM estreou com a canção "10jeom Manjeome 10jeom" (10점 만점에 10점, lit. 10 pontos em 10 pontos), que apresentou os seus estilos de dança acrobática. Eles conseguiram seu primeiro single número 1 com "Again & Again". Ambos os singles apresentados no seu primeiro álbum de estúdio, 1:59, lançado em 2009. O grupo passou a lançar mais um álbum coreano, conhecido como Hands Up, em 2011. Eles fizeram sua estreia japonesa no final daquele ano com Republic of 2PM. Depois de mais de um ano, o grupo voltou em 2013 com seu terceiro álbum de estúdio Grown. No início de setembro de 2014, 2PM voltou com seu quarto álbum de estúdio, Go Crazy com a sua faixa título composta pelo colega Jun. K. O álbum foi lançado em 15 de setembro. Em 15 de junho de 2015, 2PM fez um retorno com o seu quinto álbum de estúdio No.5. Depois de ter passado um ano, 2PM vai retornar em 13 de setembro de 2016 com seu sexto álbum de estúdio Gentleman's Game.

British Steel Tour

British Steel Tour foi uma turnê da banda britânica de heavy metal Judas Priest, em 1980, para divulgação do seu álbum de estúdio British Steel.

Durante a parte da turnê no Reino Unido tiveram a participação do Iron Maiden.

Britney Spears

Britney Jean Spears (McComb, 2 de dezembro de 1981) é uma cantora, compositora, dançarina e atriz norte-americana. Nascida no Mississippi e criada em Kentwood, no estado de Louisiana, ela iniciou sua carreira artística atuando em papeis em produções teatrais e programas de televisão durante a infância, antes de assinar um contrato com a Jive Records em 1997. Seu primeiro e segundo álbuns de estúdio, ...Baby One More Time (1999) e Oops!... I Did It Again (2000), tornaram-se sucessos internacionais, com o primeiro tornando-se o álbum mais vendido por uma artista solo adolescente. As faixas-título "...Baby One More Time" e "Oops!... I Did It Again" quebraram recordes internacionais de vendas. Em 2001, Spears lança seu terceiro álbum de estúdio auto-intitulado, Britney, e desempenhou o papel principal no filme Crossroads (2002). Ela assumiu o controle criativo de seu quarto álbum de estúdio, In the Zone (2003), que rendeu o single de sucesso mundial "Toxic".

Em 2007, a superexposição da vida pessoal de Spears fez a sua carreira entrar em hiato. Seu quinto álbum de estúdio, Blackout, foi lançado no final daquele ano, e gerou sucessos como "Gimme More", "Piece of Me" e "Break the Ice". Seu comportamento errático e as consequentes hospitalizações continuaram ao longo do ano seguinte, ao ponto em que foi colocada sob uma tutela que ainda está em andamento. No mesmo período, Spears lança seu sexto álbum de estúdio, Circus, incluído o single "Womanizer", que atingiu o topo das paradas mundiais. Sua turnê de apoio The Circus Starring Britney Spears foi uma das turnês de maior bilheteria mundial dentre os concertos de 2009. Mais tarde, no mês de outubro, "3" tornou-se o terceiro single de Spears a alcançar o número um na Billboard Hot 100. Seu sétimo álbum de estúdio, Femme Fatale (2011), tornou-se seu primeiro a obter três singles a aparecer entre os dez postos do periódico estadunidense: "Hold It Against Me", "Till the World Ends" e "I Wanna Go". Ela também atuou como jurada durante a segunda temporada da versão americana do talent show The X Factor. Seu oitavo álbum de estúdio homônimo, Britney Jean (2013) gerou os singles "Work Bitch" e "Perfume"; no entanto, tornou-se o disco menos vendido de sua carreira. Mais tarde nesse ano, Spears iniciou os shows de sua residência de quatro anos, intitulada Britney: Piece of Me, no The AXIS, teatro localizado no Planet Hollywood Resort & Casino em Las Vegas. Seu nono álbum de estúdio, Glory (2016) recebeu críticas positivas da mídia especializada e gerou os singles "Make Me..." e "Slumber Party".

Spears foi estabelecida como um ícone pop e creditada por influenciar o renascimento do pop adolescente durante o final dos anos 1990. Ela tornou-se a "artista adolescente mais lucrativa de todos os tempos" e recebeu títulos honoríficos, incluindo o de "Princesa do Pop". Seu trabalho lhe rendeu inúmeros prêmios e honrarias, incluindo um Grammy Award, seis MTV Video Music Awards (incluindo o Lifetime Achievement Award), nove Billboard Music Awards, e uma estrela na Hollywood Walk of Fame. Em 2009, a Billboard classificou-a como a oitava "Artista da Década", e também a reconheceu como a artista feminina que mais vendeu na década de 2000, bem como a quinta colocação na classificação geral. A Recording Industry Association of America (RIAA) nomeou Spears como a oitava artista feminina que mais vendeu nos Estados Unidos, com 34 milhões de álbuns certificados. Ela já vendeu mais de 100 milhões de álbuns em todo o mundo e mais de 100 milhões de singles fazendo dela uma das artistas musicais mais lucrativas de todos os tempos. De acordo com a Billboard, Spears já vendeu cerca de 22,38 milhões de singles em downloads digitais nos Estados Unidos e é a quarta artista feminina que mais vendeu desde que a Nielsen SoundScan começou a contabilizar os dados.A revista Rolling Stone reconheceu seu sucesso instantâneo incluindo-a na lista "Top 25 Teen Idol Breakout Moments", enquanto o canal VH1 classificou-a em 11º lugar entre as "100 Maiores Mulheres na Música", publicada em 2012, enquanto que a Billboard nomeou-a como mulher mais sexy na música. Em 2012, a revista Forbes informou que Spears era a artista musical feminina mais bem paga do ano, com ganhos de US$ 58 milhões, tendo aparecido no topo da mesma lista em 2002.

Drake (artista)

Aubrey Drake Graham , conhecido pelo seu nome artístico Drake (Toronto, 24 de outubro de 1986), é um rapper, cantor, compositor, produtor musical, ator e empresário canadense. Drake inicialmente ganhou reconhecimento como ator na série de televisão de drama adolescente Degrassi: The Next Generation, no início dos anos 2000. Atualmente está trabalhando com as gravadoras Young Money Entertainment, Universal Motown e OVO Sound, sendo que o próprio Drake fundou a terceira.

Depois de ter lançado três mixtapes, entre fevereiro de 2006 e fevereiro de 2009, Drake lançou seu primeiro EP, So Far Gone, em setembro de 2009. O EP contém o primeiro êxito musical do canadense, "Best I Ever Had". Em 2010 lançou seu primeiro álbum de estúdio, Thank Me Later, que revelou os singles "Over" e "Find Your Love", trazendo também colaborações de rappers como Jay-Z e Lil Wayne. Alcançou um sucesso ainda maior com o seu segundo álbum, Take Care, lançado em novembro de 2011. Com este álbum, ele ganhou um Grammy Award de "Melhor Álbum de Rap" e estreou-se na primeira posição na Billboard 200.

Seu terceiro álbum de estúdio, Nothing Was The Same foi lançado em setembro de 2013 e contém os singles "Started from the Bottom" e "Hold On, We're Going Home". Em fevereiro de 2015 lançou a sua quarta mixtape, If You're Reading This It's Too Late. O projeto foi primeiramente classificado como o quarto álbum de estúdio de Drake, mas o próprio cantor afirmou em uma entrevista que o projeto era apenas uma mixtape. Em abril de 2016, lançou seu quarto álbum de estúdio, Views. O álbum conta com os singles "Hotline Bling", "One Dance", "Pop Style", "Controlla" e "Too Good". Em março de 2017, lançou More Life, um LP que Drake chamou de playlist. More Life gerou, entre outros, o single "Passionfruit".

Em janeiro de 2018, lançou o EP Scary Hours, que contém duas faixas: "God's Plan" e "Diplomatic Immunity". Conjuntamente com os singles "Nice for What" e "In My Feelings" - que foram êxitos em 2018, "God's Plan" também está presente no quinto álbum do canadense, Scorpion, lançado em 29 de junho de 2018.

Ed Sheeran

Edward Christopher Sheeran (Halifax, 17 de fevereiro de 1991), conhecido artisticamente como Ed Sheeran, é um cantor e compositor britânico. No início de 2011, Sheeran lançou um extended play independente, que chamou a atenção de Elton John e Jamie Foxx. Ele, em seguida, assinou contrato com a Asylum Records. Seu álbum de estréia, + (plus) (2011), contendo os singles "The A Team", "You Need Me, I Don't Need You", "Lego House" e "Drunk" foi disco de platina quíntuplo no Reino Unido. Em 2012, ele ganhou dois Brit Awards para Melhor Artista Solo Britânico Masculino e Breakthrough Act britânico. "The A Team" ganhou o prêmio Ivor Novello de Melhor Canção Musicalmente e liricamente. Em 2014 ele foi nomeado para Best New Artist na 56ª Annual Grammy Awards.A popularidade de Ed Sheeran no exterior se expandiu em 2012, nos Estados Unidos, ele fez uma aparição no quarto álbum de estúdio de Taylor Swift, e escreveu canções para o grupo One Direction. Ele passou grande parte de 2013 em turnê na América do Norte, como o ato de abertura para a Red Tour de Taylor Swift. No outono de 2013, Sheeran realizou três shows esgotados no Madison Square Garden, em Nova York (com Swift fazendo uma aparição na segunda noite).Seu segundo álbum de estúdio intitulado X (multiply) (2014), chegando ao número um na UK Albums Chart e na Billboard US 200. Foi nomeado para Álbum do Ano na 57ª Annual Grammy Awards. Como parte de sua turnê mundial X, Sheeran realizou três concertos no Estádio de Wembley, em Londres, em Julho de 2015, o seu maior show solo até a data.Em 2017, Sheeran lança o seu terceiro álbum de estúdio, ÷ (lê-se "divide"), alcançando um estrondoso sucesso comercial, principalmente no seu país natal, com o LP e com um dos singles, "Shape of You", que se manteve no primeiro lugar das tabelas de singles do Reino Unido e dos EUA, entre vários outros países. Com isto, Sheeran se tornou no artista mais bem-sucedido comercialmente no Ocidente durante o primeiro trimestre de 2017.

Gaon Album Chart

Gaon Album Chart, é uma parada nacional fornecida pela Korea Music Content Industry Association, que classifica os álbuns mais vendidos, incluindo mini-álbuns e álbuns single, da Coreia do Sul. É pertencente ao Gaon Music Chart. A parada acompanha as vendas desde o início de 2010, quando foi lançado em fevereiro do mesmo ano, como parte da Gaon Music Chart. As paradas são feitas com gráficos de rastreamento de vendas de álbuns domésticos, vendas de álbuns internacionais e um total combinado de vendas de álbuns em formato semanal, mensal e de fim de ano.Em fevereiro de 2011, foram publicados as vendas de álbuns online e offline de 2010, incluindo uma discriminação detalhada de dados sobre a parada online, e foi a primeira vez que as vendas de álbuns off-line foram revelados desde 2008, quando a Music Industry Association of Korea parou de compilar os dados.

Golden Disc Awards

O Golden Disc Awards (em coreano: 골든 디스크 어워드 ) é uma premiação musical criada em 1986, apresentada anualmente pela Music Industry Association of Korea para realizações de destaque na indústria musical na Coreia do Sul. É apelidado como o Korean Grammy Awards.

No Greater Love

No Greater Love é o décimo álbum de estúdio do cantor estadunidense Greg X. Volz, lançado em 2006.Apesar de ser lançado oficialmente em 2006, a versão em cd deste álbum já se encontrava disponível no final de 2005.

Álbum ao vivo

Um álbum ao vivo é um formato que consiste nas gravações de material (geralmente de música) reproduzido durante as actuações ao vivo e através da técnica remota, comummente contrastados com um álbum de estúdio. Este tipo de registos podem ser gravados num único concerto, ou combinar gravações feitas em diversos espectáculos.

Os álbuns ao vivo costumam ter um carácter menos "trabalho" que um álbum de estúdio, e destinam-se a reproduzir um pouco da experiência de um concerto. Como tal, podem incluir aplausos e outros ruídos do público, comentários dos artistas entre as peças, erros, e assim por diante.

História da música
Composição e teoria
Educação musical e carreiras
Produção
Indústria fonográfica
Gêneros culturais e regionais
Por Estados soberanos
Outros tópicos

Noutras línguas

This page is based on a Wikipedia article written by authors (here).
Text is available under the CC BY-SA 3.0 license; additional terms may apply.
Images, videos and audio are available under their respective licenses.